quinta-feira, 8 de abril de 2010

Notícias



Campanha de oração por países perseguidos

BRASIL (*) - Nos meses de junho e julho deste ano, o mundo todo estará voltado para o evento que une fãs de futebol e torcedores de seus países. A Copa do mundo é um momento em que as nações passam a ter o sentimento de confraternização. Em alguns países, por exemplo, no momento em que sua seleção entra em campo, algumas empresas reúnem os funcionários para assistir ao jogo, alguns comércios fecham e outros abrem especificamente para receber as torcidas.

A mídia também acaba voltando sua atenção para esse tema nos anúncios de jornais, revistas e comerciais de televisão. Um banco, por exemplo, usou a imagem de duas crianças de origens diferentes, um é judeu, o outro palestino, e o futebol os une. Possivelmente, em eventos desse porte, em que várias nações participam, as pessoas esperam que haja um pouco mais de paz e união no mundo.

A Missão Portas Abertas aproveita esse ensejo para finalizar o Domingo da Igreja Perseguida 2010 com a Campanha 30 dias de oração em favor de três países que figuram na Classificação de países por perseguição, que é a lista das nações mais intolerantes ao cristianismo, e que também estão incluídas entre os países que participarão da Copa. É importante ressaltar que o primeiro jogo do Brasil será justamente contra a Coreia do Norte.

O período escolhido é exatamente o período da Copa, ou seja, de 11 de junho a 11 de julho. E os países que integram nossa campanha são a Coreia do Norte, Argélia e Nigéria, que ocupam a 1ª, 25ª e 27ª posições na Classificação.

Serão 10 dias de oração para cada país, totalizando os 30 dias. O intuito da Missão Portas Abertas é estritamente o de orar por esses países, independentemente do resultado dos jogos. Nosso dever enquanto Corpo é interceder uns pelos outros, portanto, vamos aproveitar a oportunidade que esse evento traz e vamos clamar por essas nações e por nossos irmãos perseguidos.

Os pedidos diários de oração estarão disponíveis no site. Você poderá fazer cópias e distribuir em sua igreja.

Participe deste importante momento de unidade e clamor em favor de nossos irmãos perseguidos. Afinal, as Escrituras nos exortam: “Orem continuamente” (I Tessalonicenses 5.17).




* Este país não se enquadra entre os 50 mais intolerantes ao cristianismo.

Missão Portas Abertas