terça-feira, 20 de abril de 2010

Coração Moçambicano


PR. CARLOS RÉZIO E EUNICE _CHIMOIO - MOÇAMBIQUE
Olá amados,

Anexo Carta Informativa e Artigo Coração Moçambicano.

Abraços,

pr. Carlos Rézio
- - -
Querido, Família e amada Igreja,
Graça e paz em Cristo Jesus!
Estamos procurando permanecer no propósito do Senhor Jesus e viver na Sua graça a cada dia. Continuem nos sustentado com vossas orações e vosso carinho.
Obrigado pelo vosso apoio, tem sido de grande importância para nós! Que o Senhor Deus vos abençoe ricamente.
Chegamos a Moçambique depois de um tempo na África do Sul. Estaremos morando em uma cidade chamada Chimoio, cujo nome significa “Coração Pequeno”. Chimoio fica na Província (Estado) de Manica no centro do País. Sua população é de aproximadamente 250 mil habitantes. É uma cidade localizada a 80 quilômetros de Zimbábue, país vizinho de Moçambique. Estamos à procura de uma casa para alugarmos e, também esperando nosso Documento de Residência (DIRE) sair. Os preços de aluguel de uma casa ficam em torno de 450 a 1000 dólares. No Brasil uma casa que pagaríamos 500 reais, aqui fica em torno de 600 dólares. Achamos um apartamento que fica no térreo, pertence a uma empresa chamada ANACOMO. Eles pedem 650 dólares. Fiz uma proposta de 450 dólares e estou aguardando a resposta. O levantamento que fiz para alugar uma casa foi de até 500 dólares. Estejam orando por nós!
Dois de nossos amigos sul-africanos: Douglas e Leon nos abençoaram com uma caminhonete. Benção mesmo! Pois um carro para o trabalho que fazemos é de grande importância. Orem por eles!
Motivos de Louvor:
- Por termos chegado a Moçambique.
- Pelos nossos amigos Paulo e Eunice Veiga que nos hospedam.
- Pelo sustento mensal alcançado.
- Pelos parceiros.
- Pelas vossas vidas, apoio, amor, carinho e orações.
- Pela caminhonete.
- Pelas vidas do Douglas e Lion que nos ofertaram a caminhonete.
- Pelo carinho dos missionários do PRONASCE – CHIMOIO.
Motivos de oração:
- Continuem orando pela nossa saúde física e emocional.
- Pelos projetos que estaremos desenvolvendo com Projeto Nasce – Moçambique.
- Pelos nossos parceiros: compreensão e fidelidade.
- Aluguel de uma casa.
- Pelo nosso Documento de Residência para que não haja nem um empecilho.
- Pela manutenção do carro.

Muito obrigado pelo apoio, carinho e vossas orações! Continuem nos sustentado com vossas orações!
No Amor de Cristo Jesus, Rei e Senhor.
Juntos cumprindo a Missão!
Pr. Carlos Rézio e Eunice

CORAÇÃO MOÇAMBICANO

Por Carlos Rézio
Gorongoza é uma pequena cidade do interior de Moçambique, localizada na Província de Sofala, cerca de 200 quilômetros da cidade da Beira, capital da referida Província, no centro norte do país. Suas terras têm sido muito produtivas. O município de Gorongoza juntamente com outros em Sofala são conhecidos como o celeiro de Moçambique pela grande produção de milho e mapira, comida básica dos moçambicanos. A mapira, parecida com o sorgo, e o milho são triturados separadamente. Parecem com a farinha de trigo, um pouco mais grossa depois de pronta. Cozida como polenta, porém mais consistente e sem sal. Come-se com qualquer tipo de mistura: o feijão, o peixe seco, a massanba, a matapa, a galinha, o cabrito e outras misturas. Ao redor deste centro existem muitas aldeias onde tudo que é produzido por elas serão vendidos ali. As crianças e os adultos quando o milho e a mapira começam a amadurecer assam-nos e quando já estão maduros, torram-nos para comer como café da manha ou o lanche da tarde.
Encontrávamos numa destas pequenas aldeias a cinco quilômetros da cidade, ministrando para a igreja, era o mês de julho, no inverno e fazia muito frio. Reunidos em uma pequena casita redonda, de pau-a-pique, coberta de capim, falando de coisas triviais, depois de termos jantado uma boa farinha de milho, com uma mistura de carne de gazela e galinha, quando um missionário, cujo nome era Neto, nos interrompeu dizendo: “Que a única diferença entre ele e o moçambicano era a cor da pele, pois o seu coração era moçambicano”. Sete meses depois, em fevereiro de 1997, Neto morre vitima de malária cerebral e é sepultado na terra de sua herança. Sim, de fato ele amava Moçambique, porque em vida disse a sua mãe que seu desejo, caso morresse, fosse sepultado ali. Seu desejo foi cumprido.
Neto era um homem de grande disposição para o trabalho, qualificado, de caráter forte, amoroso, servo e destemido, desejava ver a nação moçambicana transformada pelo poder da Palavra de Deus. Ele sonhava com um Moçambique restaurado após a guerra civil, que terminou em quatro de outubro de mil novecentos e noventa e dois, com a assinatura do acordo de paz entre as partes em guerra e de outras mazelas e catástrofes naturais que arruinaram a nação.
Quando se entende e atende a missão de Deus, tornamo-nos parte do lugar pela adoção voluntária, porque queremos a vontade Dele, que é perfeita e porque decidimos deixá-lo governar sobre nós. Noemi, personagem bíblica, numa situação trágica, resolveu regressar a Belém; e assim o fez acompanhada da sua nora Rute, a qual, num gesto de extraordinária lealdade a sua sogra e numa atitude transcultural lhe havia declarado: “O teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus”, com o fim de perpetuar o nome do seu esposo falecido. Com tal determinação, procuramos servir o autóctone na mente, no coração, no físico, entender sua cultura e outros aspectos importantes na vida do povo de nossa herança. Assim, acharemos a porta para gerarmos Cristo, para que Ele seja conhecido, aceito, amado e tenha supremacia sobre eles. Nessa vivência do dia-a-dia, do pouco a pouco, passamos a conhecê-los e fazer parte de suas vidas, tanto quanto eles das nossas. Nesse caminho entramos no coração deles.
A cor da pele infelizmente tem dividido homens, desestruturado sociedades, parcializando comunidades, reforçado o racismo e nacionalismo ferrenho, oprimindo o autóctone de sua legítima herança, de sua liberdade; descrevendo e escrevendo histórias funestas de guerra, fome, miséria, da injustiça, da ganância, da superioridade branca e do despotismo tribal. Em meio a tudo isso ressurge um coração que ama, compadece, preocupa e, com atitude desprendida, estende as mãos para tocar, sarar feridas do corpo e da alma e, dizer que não se comuna com tais rudezas dos inescrupulosos; um coração alcançado por Deus, cheio de seu amor, que vai com a paixão do Cristo resgatar os necessitados, carentes, feridos para uma viva esperança.

Coração Moçambicano... Uma máxima! Não só do missionário Neto, dos que são missionários nesta nação ou que ali morreram, mas de todos aqueles que, de algum modo, tem contribuído e se envolvido para a evangelização do mundo. Pais, filhos, igreja, líderes... De todos que têm abraçado a ordem do Mestre. Seja no ir, no contribuir e no orar. Os que tomaram a responsabilidade e o dever de fazer missões, mesmo na falta de dinheiro, em situações adversas, até mesmo quando o seu pulsar está cansado, devido a lutas seguidas.
Coração moçambicano... De uma igreja que responde; altruísta, veemente; desejosa de ver o mundo transformado pelo Cristo e sua Palavra. Uma igreja disposta a atrair nações, povos, classes, castas, tribos. Gente dos becos, das ruas, dos valados, dos shoppings, dos grandes centros, os doutos, os indoutos, do último lugar da terra, que através do amor de Cristo, que os conquistou, saem exalando o seu bom perfume. Igreja que investe alto no Reino, desprendida, sem denominacionalismo, fazendo o papel pela qual foi constituída, obedecendo à missão CRISTOCENTRICA. Igreja de gente alcançada quando ainda eram pecadores, desprovidos de dignidade, de afeição, com dores de parto, sem esperança, sem paz, mas por causa de tal amor foram alcançadas e mudadas no seu caráter “a fim de que se chamem carvalho de justiça, plantados pelo Senhor para a sua glória”. Gente que entendeu o morrer do Cordeiro de Deus e, que como gente obedece ao chamado para alcançar gente.
Coração moçambicano... Do desconhecido missionário, do que ocultamente contribui e ora. Daqueles que pela velhice já não conseguem mais se doar. Coração do autóctone, que aprendeu a palavra de Deus e a ensina. De todos que se levantarão para ultrapassarem a cor de suas peles e obter um coração: moçambicano, brasileiro, asiático, europeu, africano, da biboca da serra, de todas as nações para levar Àquele cuja cor da pele se identificou com todos os tipos de cor de peles e que tem um coração de todas as raças, povos e nações e, por amor de todos, trás no seu coração os que precisam ser alcançados.
Aquele que pulsiona o coração de todos a obedecer, o amor, toda glória, toda honra, toda adoração e fazê-lo o centro de tudo em nós. Sendo assim estaremos cumprindo seu propósito.


PROVÍNCIA DE NIASSA .

MUNICÍPIOS : Cuamba _ Lichinga e _ Metangula
DISTRITOS : _ Cuamba _ Lago _ Lichinga _ Majune _ Mandimba _ Marrupa _ Maúa _ Mavago _ Mecanhelas _ Mecula _ Metarica _ Muembe _ N'gauma _ Nipepe e _ Sanga .

Rev. Amorim Rocha _ Oi gente Sou Rev. Amorim Rocha e sempre tenho recebido todas noticias que passam por este Jornale estou grado por vossoesforso.
Estou a gora a terminar o curso da ETeD e estou orando para comecar o outro asseguir de Missoes sem Fronteiras ; A minha visao e o reino de Deus para as Nacoes ainda nao atingidas pelo Evangelho de Cristo. Estou disponivel a afiliar-me a qualquer organizacao Missionaria que seja Interdenominacional, e que tenha a mesma visao especialmente nos povos de influencia Islamica e Animista, estou disponivel a partir de Outubro, e sou Africano de Mozambique, tenho 8 anos no ministerio Pastoral depois da minha formacao Teologica.
Orem por mim para a escola de Missoes que vou fazer de Julho a Setembro.

Vosso Correspondente Rev. Amorim Rocha/Niassa_Mozambique.
(Amém Rev.Amorim , que Deus nos use para fazer sua mensagem chegar a quem pode aproveitar a sua disponibilidade ...
E assim concretizar a visão que nosso Deus tem te dado . Yrorrito )

Oi Irmaos estou pedindo as vosas oracoes, estou na fase do meu pratico e faltam-me 12 dias estava muito longe da cidade de Lichinga onde fica a Base de JCUM licina agora Niassa, estive entre op povo Moculumano tivemos bons momento de eavnelizacao e aquela gente esta mesmo com fome do Evanggelho de Cristo e a salvacao que Ele concede aquem o recebe e se arrepende do seu pecado.
Irmaos ca o Evangelismo ao povo Muculumano e uma realidade.
Depois de terminar este ETED estou para continuar com a escola de Missoes sem fronteira que se da na JOCUM Lichinga ainda de Junho a Setembro, tudo esta nas maos de Deus porque a minha visao e Evanelismo nos paises de influencia Islamica e Animista;por outro lado sou apixonado pela Justica Social com assuntos sobre Exclusao,Paz e Reconciliacao.
portanto estou sobre carreado e somente espero no senhor que me dirija no seu chamado.
Sou Rev. Amorim Rocha que pelo chamado de Deus mais uma vez renuciei o Cargo de Superintendente para as Missoes assim me sinto melhor no meu Senhor.
Orem por mim _ Mozambique/Niassa.JOCUM.
= = =
Muito, origado eu estou a gora a realizar o meu ETED na base do JOCUM Licchinga desde dia 04 de Fevereiro deste ano, embora ainda sem recursoa para pagar a escola, espero no senhor.

February : Peco Oracoes
Grace e Paz da parte de Deus esteja com vosco,
Tenho recebido as vossas mensagens desde que vos escrevi mas nunca em nenhuma delas direccionastes para mim sendo novo nos vossos contactos, mas estou feliz porque tenho toda a noticia vossa.
Irmaos eu vou comecar as aulas de EDeT no JOCUM Lichinga -Mozambique e continuo a pedir o vosso a poio em oracoes e em tudo oque podertes ter conforme as vossas possiblidades;Eu e aminha esposa inscrevemo-nos mas ainda nao temos com oque pagar a escola e esperamos que Deus providencie,
Eu sou pastor, ordenado a Presbitero e agora Superintendente do Distrito Eclesiastico de Niassa na Igreja Metodista Unida em Mozambique como dizia na carta anterior.
Aguardo a vossa proxima correspondencia.
Que tenham a paz de Deus,

( Rev. Amorim Disponibilizamos suas mensagens na seção : www.uniaonet.com/afmocambique.htm , e como podes ver no UNIAONET/252 ( http://www.uniaonet.com/adm.htm ): Referência a 172 informações recebidas .
Consta a s referência a tua mensagem ... agradecemos a Deus por estarmos em comunhão contigo com Eufrásia , Jublileu e a pequena Eunice , e Rogamos ao nosso Pai que nos use como instrumento para ajudá-los a receber aquilo que tendes necessidades para realizares a vontade de Jesus Cristo .
Sempre nos escreva contando vosso dia a dia e assim poderemos acompanhá-los e apresnetar vossos pedidos com mais solidez .Yrorrito )

Louvado seja Deus criador.
Acabo de receber a vossa mensagem de resposta a minha; estou muito encorajado e fortalecido; de facto a seara e grande e os ceifeiros sao poucos, nos vamos sempre contar com vossas oracoes.
E vos garantimos que terao sempre toda a informacao sobre a nossa situacao em relacao a EDeT.
Saudacoes a todos irmaos de perto de vos e de longe, que o Espirito Santo atraves da fe e Oracao sejam o nosso Escudo e nossa Capacete na espancao da boa nova de Cristo onde quer que seja amem.
Do vosso irmao Rev. Amorim Rocha-Mocambique.
= = =
Graca e Paz da parte de Deus esteja com voces.
Estou falando de Mocambque; sou um pastor ja presbiteriano e agora Superintendente da Igreja Metodista unida em Mocambique na Provincia do Niassa.
Fiz a formacao Teologca no Semenario Unido de Ricatla no Maputo Mocambique de 1994 a 1997 portanto 4 anos, e dai desde 1998 comecei o meu ministero pastoral sendo Dacono e em 2000 fui ordenado Presbitero, em 2002 nomeado Superntendente do Distrito Eclesastico da Provincia do Niassa ate entao.
Sou amigo aciduo do JOCUM desde que conheci esta missao na Beira Provincia de sofala na base de Dondo.
Sempre tive a mpressao de fazer parte integrante desta missao por concordar com os seus bjetivos cristaos no mundo e seu us da liberdade que Deus da para a sua missao no mundo a cada Jucumeiro.
Entao sempre sente que Deus tem me chamado mais uma vez e de maneira mais profunda e nao denominacional para a sua missao, e assim este ano eu e a mnha esposa ISABEL , Decidimos nos inscrever para ESTE QUE TERA LUGAR NO JOCUM Lichinga a partir do dia 4 de fevereiro deste ano ; estamos perante um desafio porque ainda nao temos com que custear esta formacao mas entregamos tudo nas maos de Deus porque Ele nos chama e temos a certeza da sua providencia.
Viemos assim pedir todo o tipo de ajuda que estiver ao vosso alcance especalmente a Oracao.
Nos temos duas meninas e um menino que sao nossos filhos sendo de seguintes idades; Eufrasia-8, Jubileu- 4 e Eunice 1 ano e 9 meses.
A minha esposa chama-se Isabel Xavier Rocha e eu chamo-me Amorim Rocha. Gostariamos que falassem ou pronunciassem estes nosss nomes durante as vossas oracoes por nos.
Sem mais, nossas saudacoes em Jesus Cristo.
Do vosso irmao no Senhor _ Rev. AMORIM ROCHA