quinta-feira, 31 de março de 2011

Mais de 1 bilhão de pessoas deve ficar sem água até 2050


31/03/2011
Mais de 1 bilhão de pessoas, a maioria vivendo nas grandes cidades, ficarão sem água em 2050. A estimativa é de um estudo publicado na revista norte-americana Proceedings of the National Academy of Sciences. De acordo com os cientistas, as más condições sanitárias de algumas metrópoles mundiais agravam o risco para a fauna e a flora.

"Existem soluções para que esse 1 bilhão de pessoas tenha acesso à água. Mas isso requer muitos investimentos na infraestrutura e melhor utilização da água", afirmou o coordenador da pesquisa, Rob McDonald, do centro de estudos privado The Nature Conservancy.

Segundo os pesquisadores, se a tendência atual da urbanização continuar, em 2050 cerca de 993 milhões de habitantes das cidades terão acesso a menos de 100 litros de água por dia para viver. Essa quantidade corresponde ao volume de um banho por pessoa.

Os cientistas advertem ainda que se forem acrescentados os efeitos prováveis da mudança climática, cerca de outros 100 milhões de pessoas não terão acesso a esse volume de água. O consumo de 100 litros diários é considerado pelos analistas como o mínimo necessário a um indivíduo para as necessidades de bebida, alimentação e higiene.

De acordo com a pesquisa, atualmente cerca de 150 milhões de pessoas consomem menos de 100 litros diariamente. Um cidadão médio que vive nos Estados Unidos, informou o estudo, consome aproximadamente 376 litros de água por dia. (Agência Lusa)



Fonte: www.ecooos.org.br

Evangelização na África


ÁFRICA - Esta é a primeira parte do artigo intitulado Evangelização na África, escrito por Tom Pfeiffer para a Reuters.

Missionários enfrentam desafios ao evangelizar o norte da África

A agência de notícias Reuters publicou recentemente um artigo a respeito do avanço do evangelho na África. Tom Pfeiffer, autor do texto, disse que “uma nova geração de missionários cristãos disfarçados tem se voltado para os muçulmanos do norte da África, buscando novos convertidos e deixando alarmados os líderes islâmicos que dizem que eles enfraquecem e ameaçam a ordem pública”.

Os grupos missionários atuantes nessa região afirmam que o número de cristãos marroquinos cresceu de 100 para 1.500 em apenas 10 anos, e que os argelinos já passam de dezenas de milhares, apesar de não existirem números oficiais. Dizem ainda que a intenção é alcançar milhares de outros usando estratégias como internet e transmissão de TV via satélite.

O Alcorão afirma que ninguém pode ser forçado a seguir uma religião, mas muitos muçulmanos acreditam que abandonar o islamismo é dar as costas à família, à tribo ou ao país, e envergonhar os pais.

“Muitos muçulmanos me disseram: ‘Se eu encontrar você, irei matá-lo!’”, disse Amin, um jovem marroquino. Amin ainda disse que conheceu Jesus Cristo após sonhar com um homem vestido de branco que se aproximava dele em uma floresta e lhe entregava uma Bíblia.

“Quando contei ao meu pai que havia me tornado cristão, ele ficou mudo e olhando para mim. Então, ele me disse: ‘De agora em diante, você não é mais meu filho. Vá até essas pessoas, deixe que elas lhe alimentem e lhe dêem uma casa, e vamos ver quem se importa de verdade com você.” Atualmente, ele deixou sua cidade, parou de estudar e vive como tradutor, trabalho dado a ele por um grupo missionário cristão.
Os grupos missionários atuantes nos países do norte da África possuem parcerias bem amplas. Suas atividades têm crescido conforme mudam o foco para lugares aonde a mensagem cristã é pouco ouvida, diz Dana Robert, professora de “cristianismo mundial” na Universidade de Boston.

Perseguição em alta

Os convertidos relatam as histórias de perseguição como evidência do risco que correm. Recentemente, um marroquino recém-convertido foi atirado contra com um balcão de um mercado por dois familiares e ficou paralítico. Em outra cidade do Marrocos, os habitantes ameaçaram decapitar um convertido se ele não renunciasse à fé.

Os líderes islâmicos dizem que os missionários exploram as pessoas rebaixando a sua religião, e que escolhem como alvo os pobres, doentes e tentam conquistar o povo africano, dizendo a eles que o islamismo foi imposto pelos árabes.

Os missionários negam explorar os fracos e dizem que a clandestinidade dos convertidos faz com que tenham de estabelecer negócios nos quais eles possam contratá-los.

“Há três anos, comecei a orar a respeito dos lugares no mundo que não haviam conhecido o evangelho”, disse Tyler, membro de uma igreja batista de Ohio que estabeleceu o “Projeto Norte da África” no Marrocos. “O objetivo é apresentar claramente o evangelho e desfazer coisas que as pessoas possam ter falado sobre o cristianismo, como por exemplo, que a Bíblia está corrompida e que adoramos três deuses.”

Tyler tem preparado o campo para colegas, principalmente da América do Sul, que têm aprendido o dialeto marroquino e estabelecido pequenos negócios nos quais às vezes empregam os convertidos.

Tradução: Homero S. Chagas


Fonte: Reuters

Derrubando os gigantes pelo poder da fé


Davi X Golias - Derrubando os gigantes pelo poder da fé

O povo filisteu foi um dos maiores inimigos de Israel no período do Antigo Testamento. A Filístia era habitada por descendentes de Cão, filho de Noé (Gn.10.14). Em virtude da maldição que pesava sobre eles, seu território se tornou parte da terra prometida por Deus a Israel (Gn.9.25; Js.13.1-2). Este era, portanto, o maior motivo das guerras entre as duas nações.
Na época do rei Saul, os filisteus se levantaram contra Israel (ISm.17.1), e seu principal soldado era um gigante: Golias, que media três metros de altura. Ele desafiou os israelitas, com aparência assustadora e palavras de ameaça, causando espanto e medo (I Sm.17.11,24). O povo de Deus se impressionava pelo que via e ouvia, deixando de viver por fé.
Todo o exército de Israel não conseguia vencer aquele único homem. Que vergonha! Era uma situação de afronta e humilhação extrema (ISm.17.25). Esvaiu-se a glória dos comandantes. De nada adiantaram os treinamentos, as estratégias e a força das armas. O rei Saul, embora fosse o israelita mais alto (ISm.9.2), era incapaz de derrotar o gigante.
Como se poderia compreender aquela situação? O povo de Deus estava sendo afrontado por uma nação ímpia. A explicação é que Israel não destruiu os filisteus na época de Josué, conforme a ordem de Deus (Js.13.1-2). Aquilo que não resolvemos no tempo certo acaba crescendo e se tornando um problema gigante.
Em meio àquela situação difícil, Davi se prontificou para combater o filisteu. Um pequeno servo de Deus enfrentaria um grande inimigo. O que define a batalha não é a nossa estatura, mas o tamanho do Deus a quem servimos. "Maior é o que está em nós do que o que está no mundo" (IJo.4.4).
Gostaríamos de não encontrar gigantes pelo caminho, mas, se não encontrássemos, também não teríamos grandes vitórias na vida.
No primeiro momento, as pessoas não deram crédito a Davi, pois o julgavam pela aparência. Ele era formoso, porém pequeno. Era o mais novo dos filhos de Jessé e não fazia parte do exército (ISm.17.14). Recebeu apenas a simples tarefa de levar um lanche para seus irmãos (ISm.17.17).
Na seqüência, observamos que Eliabe, Saul e o próprio Golias expressaram opiniões negativas sobre Davi (ISm.17.28,33,42). Entretanto, Deus tinha uma opinião positiva sobre aquele jovem. Davi não deu ouvidos a todas aquelas palavras malignas a seu respeito, mas ficou firme em sua convicção espiritual, demonstrando fé, coragem, ousadia, iniciativa e determinação. Não ficou limitado às palavras e à fé, mas partiu para a ação, sendo o único a se oferecer para enfrentar o gigante.
Acima daquilo que se diz a respeito do servo de Deus, importa o que ele, de fato, é. Percebemos, no episódio, alguns traços importantes do caráter de Davi. Ele era submisso e obediente ao seu pai. Era trabalhador, cuidando das ovelhas. Estava disposto a servir, levando o alimento para seus irmãos. Era corajoso, pois não se negou a correr riscos indo ao campo de batalha. Era solidário e participativo. Ele poderia considerar que o gigante era um problema dos soldados. Contudo, o jovem tomou uma postura em defesa do interesse coletivo, entrando numa guerra que não era particularmente sua. Poderia apenas entregar o suprimento de seus irmãos e ir embora. Entretanto, ele tinha visão, percepção das oportunidades, para fazer mais do que lhe tinha sido ordenado.
Na hora do confronto, o que pesou foi sua história de relacionamento com Deus, além da fidelidade presente. Não podemos depender apenas de um clamor no momento do aperto, embora isto possa até funcionar. Davi tinha uma vida de dedicação ao Senhor e obteve experiências com ele antes daquele dia. Seu currículo era significativo. Tendo enfrentado o leão e o urso, o jovem pastor estava convicto de que venceria também o filisteu (ISm.17.34-37). As experiências de ontem ajudam a nossa fé hoje. Naquele momento, Davi tomou uma posição de defesa do rebanho de Deus: o povo de Israel.
Saul ofereceu-lhe seus apetrechos de guerra (ISm.17.38), mas aquela batalha não poderia ser vencida simplesmente com os recursos bélicos habituais. Um milagre seria necessário. Em algumas situações, as soluções humanas parecem inadequadas e insuficientes. É quando as esperanças parecem acabar e o fundo do poço fica cada vez mais perto. O que funcionou em outros momentos, agora não resolve. Em ocasiões assim, só Deus pode nos ajudar.
As armas de Saul não serviam para Davi. Aliás, nem para o rei elas estavam adiantando. Quais são as nossas armas? As mesmas do ímpio? Usamos de engano, desonestidade e trapaça para conseguir nossos objetivos? Em que acreditamos? No nosso conhecimento intelectual, força física e influência pessoal? Estamos confiantes no dinheiro, no emprego e nas posses materiais? Nossa fé deve estar depositada no Senhor. Daí em diante, ele pode usar qualquer coisa, até mesmo uma pedrinha, para nos conduzir à vitória. Deus vai usar o que estiver nas nossas mãos. Ainda que seja pouco, será o suficiente.
"Embora vivendo em carne, não militamos segundo a carne; porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para destruição das fortalezas" (IICo.10.4).
Nossas armas devem ser aquelas que Deus determinou: a Palavra,a oração,o jejum,a fé, a verdade, a justiça,etc (Ef.6.10-18). A tudo isso, acrescente-se a vigilância e a perseverança. Se o soldado ficar distraído ou dormir no campo de batalha, suas melhores armas serão inúteis. O mesmo acontecerá se ele desanimar e desistir no meio da luta.
Devemos usar todas as armas espirituais e não apenas uma delas. Por Exemplo: se alguém usa a palavra de Deus, mas não pratica a justiça ou, se tem fé, mas não fala a verdade, não poderá vencer. Seria como usar a couraça, mas esquecer o capacete. O guerreiro ficaria vulnerável a um ataque fatal.
A oração é uma arma, mas, em muitos casos, não substitui a ação. Davi sempre orava e louvava a Deus, como se vê nos salmos, mas, naquele momento específico, ele precisava agir. Outro exemplo é o caso de Moíses que diante do mar vermelho orou ao Senhor e Este o repreendeu dizendo:"por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem"(Êx 14:15).Aprendemos com este episódio que há o momento da oração,mas também o momento da ação!
Davi enfrentou Golias em nome do Senhor dos exércitos. Ele colocou o nome de Deus em evidência e não o seu próprio nome. Caso contrário, seria derrotado. Se dependermos no nosso próprio poder ou se buscarmos a nossa própria glória, não venceremos. Em todas as nossas lutas, devemos colocar o Senhor em primeiro lugar, no propósito de dar a ele toda honra e todo o crédito pela vitória, pois somos apenas instrumentos do seu poder.
Davi não vacilou, não duvidou nem correu da batalha. Enfrentou o gigante e deu-lhe uma pedrada certeira, derrubando-o por terra. Nós também podemos derrubar os gigantes que nos ameaçam. Para isso, precisamos crer e partir para o ataque.
Golias pode ser comparado às hostes espirituais da maldade e também aos grandes desafios que surgem diante de nós.
Aquele grande problema teve uma conseqüência valiosa. A crise tornou-se a oportunidade que Davi teve para ser conhecido por sua nação. Sem aquele episódio, ele continuaria sendo apenas mais um súdito anônimo no reino de Saul. Matar o gigante foi seu primeiro passo público em direção ao trono.
Precisamos encarar de modo mais positivo as tribulações e desafios que nos sobrevêm. Eles são nosso passaporte para posições mais altas. O potencial que existe em nós, seja pelo aspecto humano e, principalmente, pela ação do poder de Deus, só vai se manifestar diante das adversidades da vida, e, quanto maiores, mais eficientes nesse sentido, desde que tenhamos as atitudes corretas.
Precisamos identificar nossos gigantes e adotar uma postura de fé e ação. Vamos contra eles em nome do Senhor Jesus, pois já somos mais do que vencedores.

A Boa Terra


Devocional para 2011/03/31

"Porque o SENHOR teu Deus, te mete numa boa terra, terra de ribeiros de águas, de fontes e de abismos, que saem dos vales e das montanhas, uma terra de trigo e cevada, e videiras, figueiras e romeiras; uma terra de azeite e mel. "
- Deuteronômio 8:7-8

O anúncio bonito no papel foto de camarão grande em uma cama de arroz. É anunciado camarão "gigante" por um preço muito razoável. Quando cheguei ao mercado, já havia uma fila de clientes ansiosos, e eu sabia que eles estavam todos atrás do mesmo item. Chegou a minha vez e eu coloquei o meu pedido, foi entregue na caixa de camarão, pago minhas contas, e os levou para casa para prepará-los. Imagine minha surpresa quando eu abri a caixa para encontrá-lo apenas pela metade da salada de camarão minúsculo!
Quantas vezes somos enganados por uma propaganda bem organizada, e quando o produto chega, não chega perto às expectativas? Talvez uma criança que implorou para comprar uma caixa de cereal ou uma refeição dos miúdos da comida rápida ", apresentando uma imagem de um brinquedo em sua embalagem, só para descobrir que a imagem de 10 polegadas foi tirada de um brinquedo de 3 polegadas! Ou você já comprou um suplemento dietético que afirmam que ele poderia fazê-lo "look and feel dez anos mais jovem", mas na realidade ele não teve nenhum efeito perceptível? As empresas vão esticar a verdade na medida em que pode obter o seu dinheiro, assim como consumidores, devemos ser muito cautelosos.
Quando Deus disse aos filhos de Israel sobre as terras que poderiam ir a possuir, deve ter soado surpreendente! Os versículos de hoje foco descrever apenas alguns aspectos daquela terra, e os israelitas disseram que era deles para a tomada. Tinha a promessa de vir de qualquer um, mas o próprio Senhor, que teria sido inacreditável. Mas Deus não estava exagerando. Cada palavra era verdadeira e muito mais. Ele disse que era uma "terra boa", e realmente foi!
Ao contar aos outros sobre a "boa terra" do Evangelho, não podemos sempre encontrar as palavras para descrever como é maravilhoso, tanto quanto nós tentamos. Não tenho palavras para expressar a paz, alegria e emoção que encontramos na caminhada com o Senhor. Enquanto as empresas de publicidade tendem a exagerar os benefícios de seus produtos, o nosso problema é exatamente o oposto, temos um momento difícil não subestimar as bênçãos do Evangelho, porque realmente é a melhor coisa do mundo.
Hoje, vamos determinar para compartilhar esta incrível oferta do Senhor com quem quiser ouvir, e rezar para que as vidas que tocamos vai perceber que é até melhor que podemos fazer propaganda!

Mangá com histórias da Bíblia


Mangá com história da Bíblia é uma nova maneira de atrair jovens e adultos que curtem esse estilo de desenho japonês.

A idéia é somar as incríveis histórias de guerras, heróis e vilões e até de romance da bíblia com o famoso Mangá.

“Mangá é o estilo de quadrinhos do Japão, é uma maneira de atrair o interesse da juventude para histórias da Bíblia e de fé, e ao mesmo tempo proporcionar-lhes entretenimento”, disse Jônatas Lin, fundador da Atiqtuq, que publica mangás cristãos.

A empresa iniciou no início de 2010, e já teve sua primeira edição com a história de Paulo. E para 2011 estão em produção as histórias de Noé, Davi e Golias, Jacó e Ester.

Necessidade dos dons espirituais


Vivemos dias em que a ciência tem proliferado de forma bastante acentuada. Nos últimos 200 anos o homem fez mais descobertas do que no restante de sua existência. No campo da filosofia, observamos o surgimento do positivismo, do existencialismo e de outros conceitos e linhas de pensamento que tem influenciado a sociedade e também a igreja como um todo.
No final do século XIX muitos teólogos semeavam uma crítica extremamente perniciosa à Palavra de Deus. Ensinos como a teologia da crise e a teologia da desmitologização foram, de certa forma, minando a crença de muitos na atuação de Deus. Não é raro encontrarmos cristãos adeptos da teologia cessacionista, isto é, que entendem que a manifestação dos dons espirituais cessaram com a morte do último apóstolo ou que a utilização desses dons estava circunscrita somente ao período do Novo Testamento.
Por certo alguém possa avaliar ser desnecessários intervenções sobrenaturais de Deus no cotidiano do ser humano uma vez que contamos com tantos recursos e o homem julga-se auto-suficiente. Todavia não é assim que nos ensina a Bíblia. O texto sagrado nos ensina que a auto-suficiência é um equívoco (Jr 17.5). Mostra-nos que Deus tem interesse em nos capacitar para a realização de sua obra (Lc 24.49; At 1.8). A doutrina pentecostal, ou melhor dizendo, a doutrina bíblica, nos ensina que Deus age através de nossa instrumentalidade para alcançar os pecadores (Mc 16.15-20), para edificar o povo de Deus (Ef 4.11;12); e devemos estar atentos à isso. Deus nos quer capacitar batizando no Espírito Santo e concedendo dons espirituais para serem usados em sua obra. Apesar da formação teológica do apóstolo Paulo, ele mesmo testifica de sua dependência da ação de Deus em sua vida e ministério (1 Co 2.4).
A palavra “dom” como usada no Novo Testamento deriva-se do termo grego “charisma” significando um dom, favor que por sua vez é uma palavra oriunda de outro termo grego, a saber “cháris” que significa favor, graça, ajuda graciosa, boa vontade.
Paulo demonstra a importância desses dons quando diz:
“Portanto, procurai com zelo os melhores dons [...]” 1 Co 12.31
A intenção de Paulo no contexto em que está inserido esse texto é de estimular aos cristãos a buscarem ainda os outros dons espirituais e não somente o dom de línguas ou o uso público desse dom. Parece-me que hoje a situação não mudou muito. Ainda vemos a manifestação do dom de línguas ou o dom de profecia (mesmo que seja necessário o devido discernimento da origem delas), mas deveríamos ver com mais freqüência a manifestação de outros dons espirituais.
Nesse artigo não há espaço para explicar cada um desses dons e como eles se manifestam, mas todos eles são extremamente importantes para o crescimento e a edificação da igreja em nossos dias.
Amados irmãos em Cristo, busquem a Deus como quem não pode ser rejeitado, orem pedindo essa capacitação da parte de Deus como se suas vidas dependem disso (Lc 18.1). Sejam cheios do Espírito Santo de Deus (Ef 5.18), instrumentos de Seu poder na face da terra, adornados com dons espirituais para a glória de Deus!

Pr.Roberto Carlos Cruvinel

MISSÃO,VISÃO E VALORES


Temos vivido dias de desvios gritantes da doutrina cristã e da Palavra de Deus. Os ideais do cristianismo são diariamente confrontados com a ética relativista de nossos dias e com a visão capitalista que permeia a sociedade onde estamos inseridos. Não é de se admirar o quanto tem se multiplicado comunidades religiosas, ditas cristãs, sem qualquer apego com aquilo que de fato entendemos como cristianismo: a salvação, a morte e ressurreição de Cristo, o futuro arrebatamento da Igreja, a ressurreição e o juízo vindouro. Em tais lugares, a mensagem pregada fala de uma herança terrena, muitas vezes de ordem material apenas, instigando multidões a se preocuparem demais com o ouro desta terra ao invés daquilo que realmente interessa, e que está reservado nos céus com Cristo para todos os seus fiéis.

Nosso coração arde pelo zelo da doutrina do Senhor. Entendemos claramente ser o evangelho o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê (Rm 1.16). Nos maravilhamos pela maravilhosa provisão que foi garantida na cruz do Calvário a todos os que crêem (Rm 5.1; Cl 1.20). Cremos na suficiência de Cristo Jesus para nossa santificação e aperfeiçoamento (Tt 3.5; Hb 9.14). Aguardamos com esperança seu breve retorno para nos arrebatar (Jo 14.3; Hb 10.37).

Apregoamos a graça de Deus e a salvação do mais vil pecador. Não nos firmamos em mensagens vazias de espiritualidade, antes, buscamos pela virtude do Espírito Santo trazer a verdade bíblica para nossa geração. Por sermos de orientação pentecostal, cremos no batismo no Espírito Santo e na atualidade dos dons espirituais, reconhecendo porém a soberania das Escrituras como única regra de fé e conduta para o cristão.

Nossa equipe é envolvida nos trabalhos de suas igrejas locais e andam em submissão aos seus respectivos ministérios, sendo fiéis cooperadores na execução da obra do Senhor. Nos envolvemos com o trabalho de evangelização e de discipulado, compreendendo a importância desta comissão deixada para a Igreja do Senhor (Mt 28.19; Mc 16.15).

A você, amigo e cooperador deste ministério, rogamos as orações por nossas vidas, para que o Senhor, segundo a Sua soberana vontade e infinita misericórdia, faça de nós instrumento para o louvor da Sua Glória. E que todo joelho se dobre diante de Jesus Cristo, Nosso Senhor!

A misericórdia de um Deus que nos ama

Porém eu, pela riqueza da Tua misericórdia, entrarei em tua casa, e me prostrarei diante do teu santo templo, no teu temor (Salmo 5.7)

Esta é uma mensagem bem simples, porém, Deus me incomodou com ela todos estes dias desta semana que se passou. Refleti muito sobre isso, e esta palavra pesou em meu coração. Acho fantástico como podemos refletir muito com um texto até mesmo difícil de ser interpretado. Mas, Ele abriu meus olhos para algumas verdade que nós, muitas vezes, não queremos enxergar. A primeira delas é a de que eu preciso depender e crer mais no Senhor...

Foi Davi quem escreveu este salmo. Estava ele diante de uma dura situação, e tudo indica que foi próximo do tempo que Absalão, seu filho, se revelou contra ele. Entre muitas das petições que Davi fez a Deus por proteção, Davi se lembra do tratamento que ele possuía com o Senhor Deus: porém eu, pela riqueza da Tua misericórdia, entrarei em Tua casa, e me prostrarei diante do teu santo templo, no teu temor.

Davi reconhecia ser a misericórdia de Deus a resposta para todas as suas aflições. Ele pode entender que Deus julga todos os ímpios, mas, para aqueles que reconheciam a necessidade de viver segundo a vida que o Senhor deseja para cada uma das pessoas desta terra, prevalecia uma coisa chamada misericórdia. O homem por si só não exerce a misericórdia de forma plena. Misericórdia nada mais é do que algo que vai além do perdão, que, no prisma divino, é um Deus Justo, Santo e Zeloso que, mesmo contemplando a situação deplorável do homem, consegue lhe fazer o bem e lhe dar oportunidades para mudança...Quero que você entenda algo: nenhum de nós merecemos nada do que temos. Tudo o que temos, tudo o que somos vem pela misericórdia de Deus sobre nós. Seu bom emprego, é fruto da misericórdia de Deus. Sua saúde, da mesma forma. Agimos de tal forma muitas vezes que, se Deus não fosse misericordioso, já teríamos sido consumidos. Compreenda esta verdade meu querido...Tudo o que temos e que somos, vem do Senhor.

Essa visão nós alcançamos quando olhamos para a cruz: Jesus, perfeito, sem pecado, o Deus encarnado, tendo compaixão por toda a humanidade, se entregou na cruz. Ele reconheceu que, na forma humana, deveria ser grato a Deus e cumprir com todo o seu querer...E, por misericórdia , foi morto por aqueles que Ele ainda haveria de salvar. Onde você estaria se não fosse esta misericórdia? Não poderia estar desempregado? Sem uma família que te amasse? Sem saúde? Sem paz na alma? Sem salvação?

E porque tantas vezes batemos no peito e dizemos que somos bons? Que somos os melhores? Imagine como Deus se entristece quando vê que nós, que devemos lhe dar glórias, olhamos para nos mesmos e entronizamos nosso “eu”, nossos sentimentos egoístas como sendo um deus em nossas vidas...

Mas Davi sabia que até o simples fato de entrar-se na casa de Deus era pela Sua misericórdia. Aleluia! Que humildade havia no coração deste homem...É isto que Deus espera de nós...sendo humildes, seremos misericordiosos...e teremos a benção de Deus sobre nós...

Dc. Sérgio Fernan

O futuro da Igreja



É certo que os tempos são outros, mas a igreja deve caminhar com os mesmos princípios bíblicos. Igreja é uma sociedade especial, onde as pessoas são crentes em Jesus, obedecendo-O e procuram comunicar a salvação aos de fora.

Em tempos atrás, a igreja-comunidade e bíblica fazia tudo juntos. Na construção de um templo ou reforma, os irmãos estavam lá trabalhando e as irmãs fazendo o almoço. Nos congressos de mocidade ou de irmãs, estavam juntos orando, fazendo refeições e cultuando. Mesmo na limpeza do templo era tudo voluntário, num clima de alegria. Viajavam juntos para outras igrejas. Havia batismo com o Espírito Santo, dons espirituais, profecias, renovação, etc. A presença de Deus era quase visível e palpável.

Isso não existe nas novas “igrejas”. Atraem multidões, com promessas televisivas de curas e milagres, mas não há transformação do caráter dos seus seguidores.

As pessoas continuam as mesmas, talvez com um pouco mais de empenho em ganhar dinheiro. Não se sente a presença de Deus. Suas reuniões são muito grandes e não há interesse em dedicar-se aos seus membros para trata-los com oração e discipulado. Não existe participação comunitária. Melhor contratar empresas e serviço profissional. Não se prega caráter cristão, não cultuam, não sentem Deus de perto. Apenas fazem reuniões, onde prometem coisas e recebem doações.

Na verdade, nas legítimas Igrejas de Deus ocorrem muitos milagres em quase todos os cultos. Ainda desfrutamos derramamento de poder de Deus e a presença do Espírito Santo. Deus fala conosco! O mérito disso é a Jesus!

Algumas dessas verdadeiras igrejas de Deus têm se afastado da fé bíblica e do modo de viver da igreja primitiva, influenciada pelas novas denominações pseudo-evangélicas.

Minha preocupação é transferida a Deus em oração, onde procuro ter uma visão cada vez mais clara a respeito do que devo fazer, pois o objetivo maior é que nenhuma alma se perca e possamos chegar ao céu, com Jesus. Esse objetivo maior é, portanto, a salvação.

Preocupo-me que essa gente não se salve, pois crêem no apóstolo, no bispo, no padre, no missionário, no fazedor de milagres, na igreja, mas não conhecem a Jesus.

Um beijo a todos. Paz em Jesus.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Usina nuclear em risco em Fukushima. -JAPÃO


Número de mortos por tremor e tsunami passa de 8.600 no Japão
Mais de 12 mil estão desaparecidos após a castástrofe do dia 11.
Autoridades ainda tentam estabilizar usina nuclear em risco em Fukushima.

O número de mortes no Japão por conta do terremoto de magnitude 9 seguido por tsunami do dia 11 chega a 8.649, segundo balanço divulgado na manhã desta segunda-feira (21) pela Polícia Nacional. Mais de 12 mil pessoas estão desaparecidas no país.
Segundo os números oficiais, a maioria dos mortos estão nas províncias de Miyagi (5.053), Iwate (2.650) e Fukushima (691).
O país ainda luta com as consequências do terremoto na usina nuclear Fukushima Daiichi, sob risco de um acidente de grandes proporções.
O número de mortos deve subir ainda mais.
Somente na província de Miyagi, as autoridades policiais acreditam que as mortes podem chegar até 15 mil pessoas. Até o momento, segundo informações da imprensa japonesa, os mortos na cidade chegam a quase 5 mil, além de quase 3 mil desaparecidos.
Ao todo, 360 mil pessoas foram retiradas das áreas de risco - entre elas os 200 mil habitantes da área ao redor da usina de Fukushima Daiichi.

O Salmo 60 na comunidade evangélica do Japão .


Por Cíntia Kaneshigue/Japão


1. Ó Deus, tu nos rejeitaste e nos derrotaste. Estavas irado conosco, mas agora volta para nós!

2. Fizeste a terra tremer e se abrir; agora fecha as suas brechas, pois ela está se desfazendo.


3. Fizeste o teu povo passar por muitas aflições; tu nos deste vinho para beber, e por isso andamos por aí às tontas.


4. Levantaste uma bandeira para avisar os que te temem, para que eles pudessem escapar da derrota.


5. Salva-nos com o teu poder; responde à nossa oração para que o povo que tu amas seja salvo.

O SALMO 60

O SALMO 60 nos serviu como clamor de intercessão pelo Japão, uma vez que parece que as desgraças não tem fim. Não estamos desesperados, mas estamos todos em alerta, máximo, diga-se de passagem.



Não temos do que reclamar, a mídia japonesa tem sido exemplar em noticiar a tragédia a todos os moradores daqui. Em todas as línguas é possível estar informado.


Depois de todo o estrago causado pelo terremoto e subseqüente tsunami, a má noticia que assola o território japonês é das constantes explosões na usina nuclear de Fukushima. O Governo pede a moradores de um raio de 20 km, evacuarem a área, e num raio de 30km que evitem sair de casa, ligar o ar-condicionado, usar mascaras de pano umedecido e não comer alimentos que ficaram expostos ao tempo.


Mesmo depois dessas últimas notícias sobre o reator o Governo diz que a população não deve se desesperar e entrar em pânico.


MAIS UM ABALO


Agora a noite, por volta da 22:30 houve um outro terremoto forte com 6.4 de magnitude na escala Richter, na província de Shizuoka, onde esta concentrada a maior comunidade brasileira.


Nas cidade próximas ao epicentro as pessoas foram levadas para abrigos, pois canos de água e gás se romperam, e as cidades estao sem energia. Os trens também pararam de operar temporariamente para averiguar possíveis danos nos trilhos.


Aqui na província de Aichi, o tremor também foi sentido com força, mas nao precisamos deixar as nossas casas.


Segundo a mídia televisa, últimos dados de satélites de mapeamento mostra que o Japão se deslocou em 2,40, o que colocou a região onde moro em risco de um forte abalo sísmico, pois estamos bem em cima de duas fendas nas placas tectonicas que se movem constantemente, e o choque entre elas será inevitável.


Mas confiamos em Deus, que está no controle de tudo
Saldo de mortes até o momento: 3.378; desaparecidos beirando 6 mil; cerca de 500.000 desabrigados e 80.000 casas invadidas/destruídas pelo tsunami.


A comunidade evangélica brasileira junto com as igrejas têm se mobilizado para arrecadar donativos para os desabrigados das áreas mais atingidas.


Nao cessem as orações pelo Japão!

¡Despertad! Jesús viene pronto


¡Despertad! Jesús viene pronto
Los signos de los tiempos muestran claramente que la venida de Jesús es inminente. Todos tenemos que ser más y más excitada en esta gloriosa realidad.
El apóstol Pedro quería que su epístola al despertar a los creyentes. Aunque la muerte de edad y cerca de (PE II, 1.14), aún tenía la llama del Espíritu Santo en el día de Pentecostés que despertó su corazón, En 2.1-4,14. Impulsado por el Espíritu Santo que quería que el creyente a recordar las palabras de los profetas (PE II 1,13; 3,1) y alertó frente a la falsa doctrina, en contra de la esperanza de la venida de Jesús (3,9-14 PE II.
Los creyentes de hoy también necesitamos un despertar de la venida de Jesús. A pesar de los signos, hable con todas las pruebas de que Jesús viene pronto, muchas personas se suben a los cuidados de esta vida tan (Lucas 21:34), que no puede ver nada. Un espíritu de somnolencia amenaza a la Iglesia del Señor, Mt 05,25, Romanos 13:11, I Tesalonicenses 5.6,7. Que hay un despertar general entre los creyentes, que la esperanza de la venida de Jesús, abundantemente llena nuestros corazones de alegría y paz, Romanos 15:13.
El apóstol Pedro quería que los creyentes para recordar las palabras de los profetas (II Pedro 3,2), por lo que sus almas se despertó sincera, II Pe 3,1. Lo que se escribió fue escrito para nuestra enseñanza, que podemos esperar, Romanos 15.4.
La palabra profética nos permite saber lo que está sucediendo. En la Biblia tenemos 318 referencias a la venida de Jesús. Jesús mismo habló a menudo de su venida, a veces en parábolas (Lucas 17:24, Mateo 25.1-11,14-19 etc.) Y a veces con palabras sencillas (Juan 14:1-3, etc) .. Todos los apóstoles hablaban de este asunto. Ver Pablo: Romanos 11.25,26; I Tesalonicenses 4:13-18; 5.1-18; 5.4,10 II Co, Co me 15.23,51-57 etc; Pedro:. I Pedro 1.5,7, 4.7, II Pedro 3,1-14; Juan: Juan 2.18,28; 3.2,3; el libro de Apocalipsis, Judas. Jd 14,17,18, James: James 5.8.
Debemos atender a la palabra profética. II Pedro 1:19. Los que lo hacen son bendecidos, Rev. 1.3. Debemos, como Daniel, ruega a Dios para explicar la palabra profética, (9.1,2 Dn) para que él recibió la respuesta, Dan 9,21-23. También el profeta Habacuc, mientras estaba bajo su cuidado a ver "Lo que habla ..." (Hab 2,1). Dios le contestó: Hc 2.2,3.
En la palabra profética es una pieza llamada "signos de los tiempos, que son predicciones de los signos proféticos, que, cuando ocurren, anunciar proféticamente predijo que otro evento está a punto de lograr.
Hay varios signos de la venida de Jesús, y con todo, la precisión es cumpliendo. Podríamos hablar de los signos en la vida social y la seguridad de los pueblos, como las hambrunas, plagas, terremotos, guerras, rumores de guerras (Mateo 24.6,7, etc.) Señales en la vida moral (Lucas 17,28-32; II Timoteo 3:1-4, etc) en la vida religiosa. persecución (Mt. 24:9). falsa doctrina (Mateo 24.10,11; I Timoteo 4:1-3, etc.) despertares (Mateo 24:14, Hechos 2,17-19) y en la vida política: el pueblo judío (Lucas 21,24-31). La falta de espacio en esta página no vamos a insistir en estos asuntos de gran importancia. Pero una cosa es cierta: todos los signos hablan de una cosa: Jesús viene pronto! Lucas 21:28.



El Espíritu sabe el día de la venida de Jesús, porque Él es Dios (Hechos 5:3-4). Él ve a la Iglesia militante en la tierra y los peligros que amenazan y quieren hablar con él. "El que tenga oídos, oiga lo que el Espíritu dice a las iglesias." Rev 2.7.
El Espíritu Santo nos despierta, haciendo viva la palabra profética. Jn 6,63. Se dará a conocer lo que está por venir (Jn 16,13) y recordará todo lo que Jesús ha hablado, Juan 14:26, así que cuando hay una operación más abundante del Espíritu Santo, el tema de la venida de Jesús se llena de vida y actualizada.
El Espíritu Santo advierte sobre los peligros de la tarde, Lucas 21:34. Garantizar la novia de Cristo, estar siempre preparados (II Co 11.2,3), el Espíritu ayuda al creyente en su lucha contra la carne (GI 5:17, Romanos 8:13), y aumenta su fe (II Co 4,13), para que pueda ganar, creer en Jesús, Juan 5.4,5, Gal 2:20.
"Esperando y acelerando la venida del día de Dios", II Pedro 3:12. En otro de traducción que debe "acelerar el día de la venida del Señor." La palabra "carrera" que se utiliza aquí proviene de la palabra griega Spender, que aparece seis veces en la Biblia (PE II 3:12, Lucas 2:16; 19.5,6, Hechos 20:16, 22:18) y siempre diciendo que es el hombre quien se apresura . No podemos adelantar el día de la venida de Jesús, porque el día ya está establecida por el poder de Dios, Hechos 1.7.
Sin embargo, descubrimos que cuando el Señor nos despierta sobre usted para su venida, por lo que queremos para nosotros mismos prisa para que en todo lo posible para agradar al Señor, II Co 5,9; II P. 3.11,14.
Así que el creyente es atraído también a servir a la causa del Señor, por la noche viene, cuando nadie puede trabajar, Jo 9.4. Las últimas oportunidades que la Iglesia tiene que ganar almas están ahora. Las parábolas de Jesús sobre el momento adecuado antes de la boda, demostrar que nos anima a ir a través de los montículos y los caminos para obligar a los hombres a entrar, Lucas 14:23, Mateo 2.9. Ya es hora! debe ir inmediatamente en todas partes, instando a los hombres a su vez al Señor, para que ellos también pueden entrar en la boda, cuando el Señor venga. .
Los que han sido despertados por Dios en sí mismos sienten una llama que los lleva a buscar y despertar a los demás. Dios sólo utiliza instrumentos para promover el despertar despertar.
La tarea del vigilante es advertir a la gente, Ezequiel 03:18. Pero para que pueda cumplir su misión, es esencial que usted está "despierto. Para esto, tiene que" escuchar atentamente con mucho cuidado. "(Isaías 21:7) y" estar de pie continuamente durante el día y la guardia toda la noche "es de 21,8 . Si no puede dormir ver nada y no puede despertar a nadie. Cuando el guardia dormía Saúl, los hombres de David tomó la espada y la botella de agua de la cabecera del rey, Samuel 26.12. Por lo tanto, debe proteger en todo momento (Lucas 21:36), con lo que el cuidado de nosotros mismos, Hechos 20:28, I Timoteo 4:16, I Corintios 9.26,27.
Cuando el rey Ciro fue despertado por el Espíritu del Señor (Ed. 1.1) hubo una reacción en cadena, es decir, incluso ahora despertar a los demás. Por primera vez a los jefes de familias, es decir, los sacerdotes y levitas (Esdras 1,5) y luego a través de ellos a todos los que estaban alrededor de "Ed 16. Así, un verdadero despertar se propaga como un incendio. En Isaías 45,13 se . una secuencia maravillosa primer lugar, el Señor dice: ". me despierto en la justicia, y todas sus formas" Cuando esto ocurría, el Señor sigue diciendo sobre el despertar ", él edificará mi ciudad, y soltará mis cautivos." Que Dios nos despierte a todos acerca de su venida, para que podamos ser instrumentos que puedan despertar a los que ahora caminan cati

Créditos: www.searadecristo.com.br

Desperta! Jesus vem breve

Os sinais dos tempos mostram com clareza que a vinda de Jesus é iminente. Todos nós precisamos ser mais e mais despertados quanto a esta gloriosa realidade.
O apóstolo Pedro queria pela sua epístola despertar os crentes. Embora velho e próximo da morte (II PE 1.14), possuía ainda a chama do Espírito Santo, que no dia do pentecoste acendeu seu coração, At 2.1-4,14. Impulsionado pelo Espírito Santo ele queria que os crente se lembrassem das palavras dos profetas (II PE 1.13; 3.1) e alertados diante das falsas doutrinas, contrarias à esperança da vinda de Jesus (II PE 3.9-14.
Os crentes de hoje precisam também de um despertamento sobre a vinda de Jesus. Embora os sinais, com toda a evidência falem que Jesus vem breve, há muitas pessoas carregadas dos cuidados desta vida de tal maneira (Lc 21.34), que não enxergam nada. Um espírito de sonolência ameaça a Igreja do Senhor, MT 25.5; Rm 13.11; I Ts 5.6,7. Que haja um despertamento geral entre os crentes, para que a esperança da vinda de Jesus, de maneira abundante venha encher os nossos corações com gozo e paz, Rm 15.13.
O apóstolo Pedro queria que os crentes se lembrassem da pa­lavra dos profetas (II Pe 3.2), para que assim fossem despertados os seus ânimos sinceros, II Pe 3.1. Tudo quanto foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que tenhamos esperança, Rm 15.4.
A palavra profética nos faz saber o que está por acontecer. Na Bíblia temos 318 referências sobre a vinda de Jesus. O pró­prio Jesus falava muitas vezes da Sua vinda, umas vezes em pa­rábolas (Lc 17.24; Mt 25.1-11,14-19 etc.) e outras vezes em pala­vras claras (Jo 14.1-3 etc.). Todos os apóstolos falaram deste assunto. Veja Paulo: Rm 11.25,26; I Ts 4.13-18; 5.1-18; II Co 5.4,10; I Co 15.23,51-57 etc.; Pedro: I Pe 1.5,7; 4.7; II Pe 3.1-14; I João: I Jo 2.18,28; 3.2,3; o livro do Apocalipse; Judas. Jd 14,17,18; Tiago: Tg 5.8.
Devemos atentar para a palavra profética. II Pe 1.19. Os que o fizerem são bem-aventurados, Ap 1.3. Devemos, como Daniel, orar para que Deus nos explique a palavra profética, (Dn 9.1,2) pois assim ele recebeu a resposta, Dn 9.21-23. Também o profeta Habacuque, quando estava sob a sua guarda para ver "O que fala..." (Hc 2.1). Deus lhe respondeu, Hc 2.2,3.
Na palavra profética há uma parte chamada "sinais dos tem­pos", que são predições proféticas de sinais, os quais, quando acontecem, anunciam que outro acontecimento profeticamente predito está para cumprir-se.
Existem vários tipos de sinais da vinda de Jesus, e todos com, exatidão estão se cumprindo. Poderíamos mencionar sinais na vida social e na segurança dos povos, como fomes, pestes, terremotos, guerras, rumores de guerras (Mt 24.6,7, etc.), sinais na vida moral (Lc 17.28-32; II Tm 3.1-4, etc.); na vida religiosa: perseguições (Mt 24.9). falsas doutrinas (Mt 24.10,11; I Tm 4.1-3, etc.), despertamentos (Mt 24.14; At 2.17-19) e na vida política: O povo judeu (Lc 21.24-31). O espaço limitado desta página não permite que nos estendamos neste assunto de grande importância. Mas uma coisa é certa: Todos os sinais falam de uma só coisa: Jesus vem Breve! Lc 21.28.
O Espírito sabe o dia da vinda de Jesus, pois Ele é Deus (At 5.3,4). Ele vê a Igreja militante na terra e os perigos que a estão ameaçando e deseja falar-lhe. "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas." Ap 2.7.
O Espírito Santo desperta-nos, tornando viva a palavra profética. Jo 6.63. Ele anunciará o que há de vir (Jo 16.13) e fará lembrar tudo quanto Jesus tem falado, Jo 14.26; portanto quando há uma operação mais abundante do Espírito Santo, o assunto da vinda de Jesus se torna vivo e atualizado.
O Espírito Santo adverte quanto aos perigos nos últimos tempos, Lc 21.34. Zelando pela noiva de Cristo, para que sempre esteja preparada (II Co 11.2,3), o Espírito ajuda o crente na sua luta contra a carne (GI 5.17; Rm 8.13), e aumenta-lhe a fé (II Co 4.13), para que possa vencer, crendo em Jesus, I Jo 5.4,5; Gl 2.20.
"Aguardando e apressando-vos para a vinda do dia de Deus", II Pe 3.12. Outra tradução menciona que devemos "apressar o dia da vinda do Senhor." A palavra "apressar"; que aqui é usada vem da palavra grega spendo, que aparece 6 vezes na Bíbl ia (II PE 3.12; Lc 2.16; 19.5,6; At 20.16; 22.18) e sempre indicando que é o homem que se apressa. Nós não podemos apressar o dia da vinda de Jesus, pois o dia já está estabelecido pelo poder de Deus, At 1.7.
Mas, experimentamos que quando o Senhor nos desperta sobre ti a Sua vinda, então queremos nos apressar a nós mesmos para que em tudo possamos agradar ao Senhor, II Co 5.9; II Pe 3.11,14.
Então o crente também fica despertado para servir à causa do Senhor, pois a noite vem, quando ninguém mais pode trabalhar, Jo 9.4. As últimas oportunidades que a Igreja tem para ganhar as almas são agora. As parábolas de Jesus sobre o tempo logo antes das bodas, mostram que ele nos incentiva a ir por valados e caminhos para forçar os homens a entrar, Lc 14.23; Mt 2.9. Chegou a hora! Convém imediatamente ir por toda parte, convidando os homens para se converterem ao Senhor, para que assim eles também possam entrar nas bodas, quando o Senhor vier. .
Os que foram despertados por Deus sentem em si mesmos uma chama que os impulsiona a procurar e despertar outros. Deus assim usa instrumentos despertados para promover o despertamento.
A incumbência do atalaia é avisar o povo, Ez 3.18. Mas, para que possa cumprir a sua missão, é indispensável que esteja "acordado. Por isto ele precisa "escutar atentamente com grande cuidado." (Is 21.7) e ficar "em pé continuamente de dia e de guarda de noites inteiras" Is 21.8. Se ele dormir não pode observar coisa alguma e também não pode despertar ninguém. Quando a guarda de Saul dormiu, os homens de Davi tomaram a espada e a botija de água da cabeceira do rei, I Sm 26.12. Precisamos portanto vigiar em todo o tempo (Lc 21.36), tendo assim cuidado de nós mesmos, At 20.28; I Tm 4.16; I Co 9.26,27.
Quando o rei Ciro foi despertado pelo Espírito do Senhor (Ed 1.1) houve uma reação em cadeia, Isto é, o mesmo despertamento pas­sou para outros. Primeiro passou para os chefes dos pais, Isto é, sacerdotes, e levitas (Ed 1.5) e depois, por meio destes para todos os que habitavam nos arredores" Ed 16. Assim um ver­dadeiro despertamento se espalha como um fogo. Em Is 45.13 achamos uma seqüência maravilhosa. Primeiro o Senhor diz: "Eu despertarei em justiça, e todos os seus caminhos endireitarei". Quando isto houver acontecido, o Senhor continua dizendo a respeito do despertado: "ele edificará a minha cidade e soltará os meus cativos." Que Deus desperte a nós todos sobre a Sua vinda, para que possamos ser instrumentos que possam despertar os que hoje andam cati

Créditos:www.searadecristo.com.br

terça-feira, 29 de março de 2011

Conheça Jesus

Jesus: único, incomparável, maravilhoso – na recompensa celestial que dá aos filhos de Deus

Filhos de Deus receberão um corpo semelhante ao Seu corpo glorificado

Vivemos hoje em um corpo débil e fraco, mortal, sujeito à enfermidade, à velhice e, finalmente, à morte. Nosso corpo é limitado e nos cerceia, nos prende; ele é marcado pelo pecado. No dia do arrebatamento (ou no dia da ressurreição dos mortos, caso faleçamos antes do arrebatamento) o Senhor dará um corpo glorificado aos Seus filhos: "Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas" (Filipenses 3.20-21).

Que privilégio, que honra! Somos chamados por Deus para "alcançar a glória de nosso Senhor Jesus Cristo" (2 Tessalonicenses 2.14). Nosso corpo será semelhante ao corpo glorificado de Jesus após Sua ressurreição. Isso não significa que seremos iguais a Jesus em Sua divindade, mas seremos semelhantes a Ele. Certamente teremos aparência distinta uns dos outros e seremos reconhecíveis como indivíduos. Esse novo corpo, esse corpo glorificado que receberemos do Senhor, não estará mais sujeito à deterioração – ele estará perfeitamente adaptado às condições existentes no céu.

Filhos de Deus serão herdeiros de Deus

Realmente seremos herdeiros de Deus, como está escrito em Efésios 1.18: "iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos". Os que crêem em Cristo serão revelados nos céus eternos, diante dos anjos de Deus, como filhos e filhas do Pai celestial. Sendo filhos de Deus, eles terão parte como herdeiros de toda a riqueza da glória de Deus! Isso supera nossa capacidade de entendimento. Não pode existir algo mais grandioso!

Se você, que está lendo estas linhas, já tiver recebido a Jesus em seu coração e já estiver seguindo Seus passos, você terá parte em tudo o que Deus é e em tudo o que Lhe pertence! Em outras palavras: você terá parte em tudo de glorioso que existe no céu!

Ser herdeiro de Deus significa não mais sentir falta de nenhum bem. No céu haverá tudo em abundância e profusão. A Bíblia nos dá uma descrição do céu em Apocalipse 21 e 22:

Os muros da Jerusalém celestial serão de jaspe.
A cidade e suas ruas serão de ouro, semelhantes a vidro puro. Nem conseguimos imaginar essa exuberância e beleza.
Os fundamentos dos muros serão adornados com pedras preciosas da mais fina espécie e as doze portas de entrada da cidade serão doze pérolas, tão grandes como a porta.
Do trono de Deus e do Cordeiro sairá um rio de águas vivas, brilhante como o cristal.
Alguém disse certa vez acerca da glória celestial: "Não pagaremos nada, mas aproveitaremos tudo – e isso não será apenas por um minuto ou por uma hora, mas por toda a eternidade!" Por quê? Porque Jesus pagou todo o preço pela nossa salvação! Com Seu sangue Ele comprou nossa entrada no reino celestial (Hebreus 10.19-20).



Ser herdeiro de Deus significa não mais sentir falta de nenhum bem. No céu haverá tudo em abundância e profusão. Qualquer beleza terrena é insignificante comparada à glória celestial.
er herdeiro de Deus significa não mais sentir falta de nenhum bem. No céu haverá tudo em abundância e profusão. Qualquer beleza terrena é insignificante comparada à glória celestial.


er herdeiro de Deus significa não mais sentir falta de nenhum bem. No céu haverá tudo em abundância e profusão. Qualquer beleza terrena é insignificante comparada à glória celestial.

Filhos de Deus vão morar onde habitam Deus e Jesus Cristo

O próprio Senhor Jesus nos prometeu: "Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também" (João 14.2-3). Portanto, um dia moraremos lá onde o próprio Deus habita. Toda a capacidade humana de imaginação e antevisão não é suficiente para conseguir imaginar a glória da casa do Pai. Mas o que podemos saber desde agora é o que a Palavra de Deus nos revela:

O construtor dessa casa é o próprio Deus. Conforme Hebreus 11.10, Ele é o "arquiteto e edificador" dessa morada eterna.
Essas moradas são incomparavelmente belas por não terem sido feitas por mãos humanas, mas edificadas pelo poder de Deus (2 Coríntios 5.1).
Essa morada celestial não precisa de luz natural ou artificial. Ela não depende do Sol ou da Lua porque a glória de Deus a ilumina e porque sua lâmpada é o Cordeiro, ou seja, Jesus Cristo (Apocalipse 21.23).
Nessa morada celestial haverá espaço mais do que suficiente para todos os crentes em Jesus Cristo de todas as épocas e de todas as nações.
Levaremos toda a eternidade para descobrir o que o céu nos reserva, e constantemente seremos surpreendidos com coisas novas!
Filhos de Deus celebrarão uma festa sem fim, em comunhão plena e perfeita com Deus o Pai e com Jesus Cristo

Em Apocalipse 21.3 lemos acerca dessa festa inimaginavelmente bela: "Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles". O fato de Deus habitar entre os homens fará do céu um lugar de alegria inconcebível e de felicidade absoluta. Nenhuma das características negativas do mundo presente existirá no céu (Apocalipse 21.27).

O céu é comparado com um casamento judaico. Esse é um símbolo da maior de todas as festas.

Em João 16.20,22 e 24 está escrito que toda a tristeza será transformada em alegria, que essa alegria jamais será tirada e que ela será completa.

Pedro escreve: "Vocês O amam, embora nunca O tenham visto; ainda que não O vejam, confiem nEle, e até mesmo agora vocês já estão felizes com aquela alegria indizível que vem do próprio céu" (1 Pedro 1.8, A Bíblia Viva).

Assim podemos entender muito bem as palavras de Jesus: "Alegrai-vos... porque o vosso nome está arrolado nos céus" (Lucas 10.20). No céu haverá intensa satisfação: "mas como está escrito (Isaías 64.3): Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam" (1 Coríntios 2.9).

O céu está cheio de vida abundante! Lá não se saberá o que é sentir falta de alguma coisa, pois será impossível acrescentar ou melhorar o ambiente do céu. Monotonia será igualmente uma palavra desconhecida, pois o céu é perfeito e oferece vida plena, vida sem fim.

Àqueles que amam Sua vinda, Jesus promete
“a coroa da justiça” (2 Timóteo 4.7-8).
No céu os filhos de Deus não terão mais perguntas não-respondidas

Todas as perguntas serão respondidas, todas as dúvidas acabarão. Na luz de Jesus, que a tudo perscruta e em tudo penetra, conseguiremos ver e entender todas as coisas. Não haverá mais a menor dúvida no céu. O Senhor Jesus expressa essa maravilhosa realidade com as seguintes palavras: "Assim também agora vós tendes tristeza; mas outra vez vos verei; o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém poderá tirar. Naquele dia, nada me perguntareis" (João 16.22-23). No céu entenderemos de repente que todas as coisas realmente contribuíram para o nosso bem e que muitos caminhos difíceis pelos quais passamos em nossa vida aqui na terra serviram para o nosso crescimento.

No céu os filhos de Deus receberão suas coroas e reinarão com Cristo

Tudo o que fazemos em vida como filhos de Deus salvos pela graça, em nome do Senhor Jesus, adquire uma dimensão eterna. Por exemplo, àqueles que amam Sua vinda, Ele promete "a coroa da justiça" (2 Timóteo 4.7-8). A Bíblia fala também de uma "coroa incorruptível" (1 Coríntios 9.25), de uma "coroa de glória" (1 Pedro 5.4) e de uma "coroa da vida" (Tiago 1.12).

No livro do profeta Daniel está escrito que os que conduziram outros à justiça e contribuíram para a propagação do Evangelho irão brilhar como o Sol por todo o sempre (Daniel 12.3). E o Senhor Jesus diz em Mateus 13.43: "Então, os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai". A Sagrada Escritura fala que os que pertencem ao Senhor reinarão com Ele pelos séculos dos séculos (Apocalipse 22.5).



Àqueles que amam Sua vinda, Jesus promete
“a coroa da justiça” (2 Timóteo 4.7-8).

No céu os filhos de Deus encontram-se no lugar do perfeito amor

A Bíblia diz que o amor jamais acaba (1 Coríntios 13.8,13). Pois no céu viveremos em íntima comunhão com Aquele que é amor, que personifica o amor em toda a Sua pessoa. "dio e coisas semelhantes são totalmente desconhecidas no céu. Só o amor reinará, e assim todos serão amados por todos.

O céu também é um lugar onde muitas coisas deixarão de existir

No céu não haverá mais lágrimas, pois o próprio Deus enxugará as lágrimas dos nossos olhos (Apocalipse 21.4).

No céu também não haverá mais sonhos. Nossa vida aqui na terra consiste de muitos sonhos e fantasias. Sonhamos com um bom emprego, criamos fantasias com as férias dos sonhos, com uma praia dos sonhos, com o parceiro dos nossos sonhos, com um casamento dos sonhos. Todos esses sonhos e anseios não existirão mais em nossos corações, porque a realidade e a glória superarão em muito todos os sonhos.

Não haverá mais mar no céu (Apocalipse 21.1). O mar sempre é um símbolo de inquietude, tanto do desassossego das nações do mundo, como do nosso coração inquieto e da humanidade pecadora. No céu tudo se aquietará e a paz reinará eternamente.

No céu também não haverá mais sofrimento, nem luto, nem clamor, nem pranto, nem dor, nem medo ou sofrimento (essas são expressões usadas por diferentes traduções de Apocalipse 21.4). No céu também não haverá nenhum tipo de maldição (Apocalipse 22.3); a noite também não mais existirá (Apocalipse 22.5) e a morte terá sido anulada (Apocalipse 20.14; 21.4).

Nada mais será como era! Deus fará tudo novo, completamente novo. E no céu haverá coisas que nunca houve (Apocalipse 21.4-5).

Do céu ninguém será mandado embora, pois ali é a morada definitiva daqueles que crêem em Jesus. Desfrutaremos de toda a glória de eternidade a eternidade: "... (renascidos) para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros" (1 Pedro 1.4). O céu é o alvo supremo para nós seres humanos, o destino maior de uma pessoa.

O céu também é o lugar onde não existe pecado. Por essa razão, pessoa alguma com pecado pode entrar ali: "Nela, nunca jamais penetrará coisa alguma contaminada, nem o que pratica abominação e mentira, mas somente os inscritos no Livro da Vida do Cordeiro" (Apocalipse 21.27, veja também o versículo 8).

Assim como o céu é uma maravilhosa realidade, o inferno é o seu oposto, ou seja, uma realidade terrível. Jesus falou muitas vezes do inferno. O inferno é o lugar onde nada existirá daquilo que descrevemos como existente no céu: é um lugar de separação eterna de Deus e privação de tudo aquilo que Ele dá aos que seguem a Jesus. O inferno é o lugar de sofrimento para todos aqueles que não receberam o perdão de seus pecados pelo sangue do Cordeiro de Deus.

Jesus Cristo é o único e grande Salvador, que sofreu por nós para abrir o céu e garantir nossa entrada na presença de Deus. Somente quem crê em Jesus e entrega a Ele sua vida cheia de pecado e culpa consegue entrar no reino de Deus.

Alguém perguntou: "O que nos faz fugir da vida se tememos a morte? Por que fugimos da verdade se estamos fartos da mentira? Por que continuamos em caminhos tortuosos se os atalhos escuros nos conduzem ao pecado? Jesus Cristo é o caminho, a verdade e a vida. Quem é contra Jesus, não tem futuro... – Mas pessoas que atenderam ao chamado de Jesus para segui-lO têm perspectivas maravilhosas para seu futuro. O Senhor voltará! Pela fé elas vêem um novo céu e uma nova terra!"

Reforço mais uma vez o que tenho dito até aqui: vale a pena ser cristão! E pela última vez lhe pergunto com todo o meu amor: você quer aceitar a Jesus em seu coração? Você quer seguir a Jesus? Você quer tornar-se um cristão de verdade?


Este texto se encontra no livro Conheça Jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso, disponível em nossa Livraria Virtual.

O livro impresso é fornecido em quantidades a preços progressivamente reduzidos e destina-se à distribuição maciça – para que a mensagem bíblica da salvação possa alcançar o maior número possível de pessoas! Clique aqui para adquirir cópias para distribuição »

No formato eletrônico ele pode ser reproduzido e copiado livremente desde que seu conteúdo não seja alterado, que seja citada a fonte (endereço, link para nossa homepage) e que seja oferecido gratuitamente. Para ser publicado em outros sites aplicam-se as mesmas condições e solicitamos ser informados a respeito.

Participe ativamente desse esforço de distribuição: você pode contribuir • com suas ofertas para a impressão do livro, • adquirindo mais exemplares para oferecê-los a seus conhecidos, • divulgando a campanha em programas de TV, rádio ou em publicações de sua igreja, • distribuindo os folhetos especiais Conheça Jesus (com mensagem evangelística e a oferta do livro) ou • afixando cartazes* da campanha em quadros de avisos e murais. Mobilize sua igreja!


* Você mesmo pode imprimir os cartazes a partir do nosso site na internet ou solicitá-los junto com pedidos de livros.

terça-feira, 8 de março de 2011

7 COISAS QUE VC PRECISA SABER SOBRE O FUTURO


(Mateus 24:36) - Mas daquele dia e hora NINGUÉM SABE, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.
1) PREDITA BIBLICAMENTE:
A) PREDITO POR JESUS: (Mateus 26:64) - Disse Jesus: digo-vos, que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo
sobre as nuvens do céu.
B) PREDITO PELOS ANJOS: (Atos 1:11) - Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em
cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.
C) PREDITO PELOS APÓSTOLOS: (Hebreus 9:28) - Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá
segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.
2) O TEMPO FUTURO É DESCONHECIDO, MAS É CERTO:
A) SERÁ UMA AÇÃO RÁPIDA E REPENTINA: (Mateus 24:27) - Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao
ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.
B) SOMENTE DEUS TEM O SEGREDO DO FUTURO: (Mateus 24:36) - Mas daquele dia e hora NINGUÉM SABE, nem os anjos do céu,
mas unicamente meu Pai.
C) MUITOS SERÃO PEGOS DE SURPRESA: (1 Tessalonicenses 5:2) - Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá
como o ladrão de noite;
D) DEVEMOS ESTAR ATENTOS: (Lucas 12:40) - Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do homem à hora que não
imaginais.
3) APESAR DE DESCONHECIDO, O TEMPO ESTÁ PRÓXIMO:
A) (Filipenses 4:5) - Perto está o SENHOR.
B) (Hebreus 10:37) - o que há de vir virá, e não tardará.
C) (Tiago 5:8) - a vinda do Senhor está próxima.
D) (Apocalipse 3:11) - venho sem demora;
E) (Apocalipse 22:20) - Certamente cedo venho.
4) O PROPÓSITO DE DEUS PARA O FUTURO:
A) PARA RECOMPENSAR A HUMANIDADE: (Mateus 16:27) - o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará
a cada um segundo as suas obras.
B) PARA SE APRESENTAR COMO REI: (Mateus 25:31) - E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele,
então se assentará no trono da sua glória;
C) PARA REVELAR AS COISAS OCULTAS: (1 Coríntios 4:5) - trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos
corações;
D) PARA JULGAR VIVOS E MORTOS: (2 Timóteo 4:1) - CONJURO-TE, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os
vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino,
E) PARA EXALTAR OS QUE SÃO FIÉIS A ELE: (Judas 1:14) - Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;
F) PARA EXECUTAR A SUA JUSTIÇA: (Judas 1:15) - Para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas
obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.
5) COMO DEVEMOS ESTAR QUANDO O FUTURO CHEGAR:
A) DEVEMOS ESTAR PRONTOS: (Mateus 24:44) - Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que
não penseis.
B) DEVEMOS ESTAR TRABALHANDO: (Lucas 19:13) - Negociai até que eu venha.
C) DEVEMOS SER PACIENTES: (1 Coríntios 1:7) - esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo,
D) DEVEMOS ESTAR IRREPREENSÍVEIS: (1 Tessalonicenses 5:23) - e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados
irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo.
E) DEVEMOS ESTAR FIRMES: (1 João 2:28) - permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos
confundidos na sua vinda.
6) QUE RECOMPENSA ESTÃO GUARDADAS PARA OS FIÉIS NO FUTURO:
A) UM ETERNO BANQUETE: (Lucas 12:37) - Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade
vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá.
B) UMA ETERNA COMUNHÃO: (João 14:3) - virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.
C) UMA TRANSFORMAÇÃO ETERNA: (Filipenses 3:21) - Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso,
7) QUE RECOMPENSAS ESTÃO GUARDADAS PARA OS INFIÉIS NO FUTURO:A) LAMENTAÇÃO ETERNA: (Mateus 24:30) - Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e
verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
B) VERGONHA ETERNA: (Marcos 8:38) - Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das
minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai, com os santos anjos.
C) FOGO ETERNO: (2 Tessalonicenses 1:8) - Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não
obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo;
D) CASTIGO ETERNO: (Apocalipse 1:7) - Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as
tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.

Subindo aos céus

O culto que Deus aceita
O que me motiva ir ao culto? Qual é a expectativa que tenho?
Algumas motivações que me levam à estar na igreja:
Quando vamos à igreja a nossa expectativa é assistir culto ou prestar culto?
Quem faz o culto somos todos nós! Somos os responsáveis pelo andamento do culto e
não apenas o pastor da igreja.
Muitas vezes o culto não flui porque estamos com a nossa cabeça ocupada com
impurezas (programas de TV, músicas, amizades, etc). Devemos nos preparar para ir ao
culto (Rm 12:1-2).
O culto que Deus recebe:
1- Realizado em espírito e em verdade - Jo 4:23-24.
Adoração em espírito e em verdade significa:
A) Serviço (Mt 20:28): o adorador é servo! "Quem não vive para servir, não serve para
viver". O adorador servo, não busca seus próprios interesses mas está pronto à servir a
família, os irmãos, a igreja e o mundo. Lembre-se que ser servo é diferente de ser
supervisor!
B) Holocausto (Gn 22:2 e 5): Holocausto é lugar de sacrifício! O adorador se oferece
100% ao Senhor, sua vida, sua família, sua casa, seus bens, seus negócios, seu serviço,
etc.
C) Prostrar-se (Jo 4:23): O adorador é alguém que vive prostrado diante do Senhor. "Me
prostro diante daquele que é o Senhor da minha vida", em outras palavras, "Quero ser
obediente a voz daquele que é o Senhor da minha vida".
D) Beijar os pés (Lc 7:36-38): O adorador ama tanto ao seu Senhor a ponto de beijar-lhe
os pés - Intimidade (Sl 25:14). A mulher pecadora não pediu nada mas adorou. Adoração
exala amor, não depende de palavras! Como resultado ela recebeu perdão, salvação e
paz (vs 48-50). Fariseu: formalidade, preconceito e crítica; Mulher pecadora: amor,
relacionamento, intimidade e quebrantamento.
- O culto que Deus rejeita é o culto de lábios - Is 29:13.
2- De um coração quebrantado - Sl 51:10-19.
- Quebrantamento significa arrependimento!
- Quebrantamento não é um sentimento, mas uma decisão; não é uma experiência única,
mas é um processo, um contínuo modo de viver. O quebrantamento é a destruição da
nossa vontade, a fim de que a vida e o Espírito do Senhor Jesus operem através de nós.
- Somos "frios" na presença de Deus. Temos dificuldade em louvar a Deus por causa donosso orgulho. Precisamos descer do nosso "pedestal" para ouvirmos a voz de Deus.
Somos menos que nada - Is 41:24.
- Temos dificuldade em acertar os nossos problemas por causa do nosso orgulho. Não
queremos perder a nossa boa imagem e reputação perante as pessoas.
- O culto que Deus rejeita é de um coração orgulhoso - Lc18:9-14; Pv 16:18; 29:23.
3- Quando há unidade entre os irmãos - Sl 133:1-3.
- Precisamos aprender acertar os nossos problemas - Mt 5:20-26.
- Devemos tomar cuidado com a nossa língua - Sl 34:13-14; Ef 4:29.
- Quem não ama o seu irmão não conhece a Deus e torna-se um assassino!!! - I Jo 4:7-8;
I Jo 3:15.
- Deus abomina aqueles que semeiam contendas entre os irmãos e também aqueles que
levam seus irmãos à juízo - Pv 6:16-19; I Co 6:6-10.
- O culto que Deus rejeita é quando há relacionamentos quebrados!

Características de um verdadeiro Obreiro Esboço

Características de um verdadeiro Obreiro
Leitura: Gênesis Cap. 24.1-4

Introdução: Temos muitos tipos de obreiros na Igreja; temos obreiros com exemplos a serem seguidos e exemplos a não serem seguidos, cabe a nós buscarmos, em Deus, o perfil de um verdadeiro servo do Senhor.

FALAR SOBRE O COSTUME DA ÉPOCA, REFERENTE A FILHOS

1º Eliezer era de total confiança (v. 2);
2º Tinha responsabilidades da casa de Abraão (v. 2);
* RECEBEU UMA MISSÃO DE SEU SENHOR ABRAÃO.
3º Não deixou escapar de suas mãos a oportunidade e aceitou o desafio
4º Prometeu seguir as instruções (v. 9);
5º Orou ao Senhor por direção (v. 12);
6º Submeteu-se ao plano de Deus (v. 13,14);
7º Foi surpreendido por Deus (v. 15-26);
8º Cumpriu sua missão e prosseguiu até o fim (v. 58–66);

Conclusão: Muitos, ao receberem uma missão, começam a todo vapor, porém, no meio da caminhada, param e caem, não chegam ao fim. Esta passagem nos mostra que o verdadeiro obreiro fiel persevera em cumprir sua missão.

O Deus da hora certa

Aquilo que o homem pode fazer Deus não faz
Mas aquilo que o homem não pode fazer, ele faz.

Texto; João 2.1-5.
Neste pequeno trecho da Palavra de Deus, nós aprendemos algumas lições com o Mestre Jesus.
A Bíblia nos relata que Jesus foi convidado para um Casamento; observe que o Senhor Jesus não vai a nenhum lugar sem ser convidado.
Isto significa que ele nunca invadirá o seu coração; ele só entrará se você o convidar.
Quando chegou o dia do casamento, Jesus foi, como tinha falado, levando consigo seus discípulos e também sua mãe Maria. Na metade da festa, chegou uma notícia até Maria, mãe de Jesus (“ACABOU O VINHO”). Maria rapidamente foi ter com Jesus para lhe contar o acontecido.
Com este pequeno trecho aprendemos mais uma lição com o Mestre Jesus. Não conte seus problemas para qualquer pessoa. Conte para a pessoa certa (Jesus).

Observe que o problema do casamento deveria ser contado para: O pai da Noiva, O noivo, A mãe da noiva ou a noiva. Mais eles foram contar para o Mestre Jesus. Ele não tinha nada a ver com este problema do vinho, mais eles contaram o problema para a pessoa (CERTA).

Jesus disse aos empregados: Ver. 7 – “enchei as talhas de água. E eles encheram até à borda”.
Encher as talhas de água, qualquer pessoa poderia fazer, mais transformar a água em vinho só Jesus pode fazer. Mais uma lição para nós: Jesus só chega na hora certa.

Observe que Jesus disse as seguintes palavras para sua mãe Maria. Que tenho eu contigo mulher, ainda não é chegado a minha hora.
Você pode pensar: “Porque Jesus falou dessa maneira com sua própria mãe?”
Naquele momento ele não estava falando como filho de Maria, e sim como Deus.
Em Ex. 14.15, temos um exemplo: Moisés em frente o Mar Vermelho com todo o povo de Israel. De um Lado tinha montanhas do outro lado tinha rochedos atrás vinha faraó e seu exército e na frente o grande mar vermelho. Deus fala para Moisés: “O que você tem na mão?”. Moisés responde: “Eu tenho uma vara”. Novamente, Deus pergunta a Moisés: “E o que você pode fazer?” Moisés responde: “Eu posso tocar com a vara no mar”. Deus diz a Moisés: “Tocar com a vara no mar é com você, mas abrir o mar, para o povo passar é comigo”.
Em João 11, diz a Bíblia, que havia uma família, na cidade de Betânia, que Jesus amava muito. Esta família era composta por três pessoas: Marta, Maria e Lázaro. Um certo dia Lázaro adoeceu e mandaram um recado para Jesus, mas Jesus só foi até aquela cidade após quatro dias. Quando ele chegou na cidade Lázaro já estava morto; Marta irmã do defunto começa a dizer: “Agora que o senhor chega, agora já é tarde, meu irmão já está morto”. Jesus disse para Marta: “SE CRERES, VERAS A GLÓRIA DE DEUS” Jesus pergunta: “Onde está o defunto?” Ela disse; “Vem e vê”. Chegando na frente do túmulo, havia uma pedra que fechava o sepulcro, Jesus disse: “Tirem a pedra”; mas Marta disse para Jesus: “Mas, Senhor, já tem quatro dias, já cheira mal”. Jesus mais uma vez disse para Marta: “Não tenho dito que, se creres, verás a Glória de Deus?”.

Depois que tiraram a pedra, Jesus disse: “Lázaro, saia para fora”. E, no mesmo instante, Lázaro se levantou e começou a andar e falar.

Observe que, tirar a pedra, qualquer pessoa poderia fazer, mas ressuscitar Lázaro, só Jesus poderia fazer.

ESBOÇO

Cinco Frustrações do paralítico de Betesda
Texto: Jo 5.6,7

Introdução: Havia um homem inválido há 38 anos, que lutava constantemente para receber a sua cura; mas, conta-nos a história que, quando o anjo descia e movimentava as águas, descia alguém na sua frente e ele continuava com aquele terrível problema. Vejamos algumas frustrações que este homem experimentava:

1 - Ele era inválido, enfermo, doente (vivia em desespero).
O crente não vive desesperado, Referencias:
Sl 25.5, Sl 27,14, Sl 62.5, Sl 123.2, Pv 20.22

2 – Ele era dependente, incapaz.
A capacitação do crente vem de Deus, Referencias:
2Co 3.5, Jo 15.5

3 – Não tinha perspectiva de vida, não tinha uma visão do futuro.
Deus tem preparado coisas grandes para o crente, veja pela fé. Referencias:
2Co 2.9

4 – Se sentia sozinho.
O crente nunca está sozinho, O seu Deus sempre está com ele. Referencias:
Gn 28.15, Ex 33.14, Dt 20.1, Mt 28.20

5 - Não tinha esperança.
O crente pode perder tudo, menos a esperança. Referencias:
Lm 3.18, Ez 31.11, Esdras 10.2

Conclusão: A vida deste homem foi mudada quando Jesus chegou naquele dia e disse-lhe: “levanta-te toma a tua cama e anda”.

O Avivamento na Vida de Ezequiel

Introdução:
Histórico do livro de Ezequiel é a Babilônia durante os primeiros anos do exílio babilônico (593-571 a.C.). Nabucodonosor levou cativos os judeus de Jerusalém para a Babilônia em três etapas:

em 605 a.C.,
Jovens judeus escolhidos foram deportados para Babilônia, entre eles Daniel e seus três amigos;
em 597 a.C.,
10.000 cativos foram levados à Babilônia, estando Ezequiel entre eles;
em 586 a.C.
As forças de Nabucodonosor destruíram totalmente a cidade e o templo, e a maioria dos sobreviventes foi transportada à Babilônia. O ministério profético de Ezequiel ocorreu durante a hora mais tenebrosa da história do AT. Ezequiel, cujo nome significa “Deus fortalece” era de família sacerdotal (1.3) e passou os vinte e cinco primeiros anos da sua vida em Jerusalém. Estava se preparando para o trabalho sacerdotal do templo quando foi levado prisioneiro à Babilônia em 597 a.C. Uns cinco anos mais tarde, aos trinta anos (1.2,3), Ezequiel recebeu sua chamada profética da parte de Deus, e a partir daí ministrou fielmente durante vinte e dois anos, pelo menos.
Ezequiel tinha uns dezessete anos quando Daniel foi deportado e, portanto, os dois eram praticamente da mesma idade, a poderosa visão que Ezequiel teve da glória e do trono de Deus (cap. 1) e o encargo divino que o profeta recebeu para seu ministério profético (2; 3) simbólicos. Os capítulos 7.2,5 descrevem como Deus levou Ezequiel a uma visão para profetizar que o fim viria contra a cidade. Depois da queda de Jerusalém, Ezequiel profetiza a respeito do avivamento e restauração futuros, quando, então, Deus será e dará aos seus um“ novo coração” e um “novo espírito” (cap. 36).
Neste contexto surge a famosa visão de Ezequiel, de um exército de ossos secos que ressuscitam mediante a mensagem profética (cap. 37). “MAS EZEQUIEL , via um vale que Deus mostrava a situação

1. Tinham muitos mortos (ossos), não tinham vida, estavam todos em Ruínas, a Glória de Deus já tinha se retirado, estavam vazios.
2. Sem ânimo de vida , V.s 3 estavam todos e o profeta vê e se lamenta perde o ânimo Deus faz a pergunta??? Há uma pergunta da parte de Deus para você? podem??? Que podemos fazer pelo avivamento???
Ezequiel viu a esperança perdida, não haviam esperança pois estavam mortos precisava de uma visitaçào do poder de Deus, precisava da dinâmica do Espírito. Se queremos nestes últimos dias um grande despertamento Espiritual no meio da igreja do Senhor.
Estamos vivendo em alguns lugares o momento crítico, assim como Deus levantou Ezequiel no momento em que o povo estava passando por dificuldade, assim é a vontade de Deus de levantar jovens, homens, mulheres cheios do Esp. Santo, cheios de graça para trazer um grande Avivamento no tempo do fim.
Precisamos ter bom animo. Ezequiel precisava ter um encontro poderoso com a palavra, avivamento vem pela palavra, a palavra traz a substância.
O efeito foi na hora Vs 8,9 resurgiu em sua frente um grande exercito.
Deus quer fazer um povo revestido de poder.

O que há de vir virá!


Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa.Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará. Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele
(Hb 10: 37-38)

Estás más ganador


Eres más que Ganador - Palabra de Dios
¿Quién acusará a los elegidos de Dios? Es Dios quien justifica, que es el que condena? Jesucristo es el que murió, o mejor dicho, que resucitó de entre los muertos, que está a la derecha de Dios, intercede por nosotros y ¿Quién nos separará del amor de Cristo? ¿La tribulación, la angustia, la persecución, el hambre, la desnudez, el peligro, la espada?
El que está escrito: Por tu causa somos muertos todo el día, que se tienen en cuenta las ovejas de la masacre. Pero en todas estas cosas somos más que vencedores por medio de aquel que nos amó. Por lo cual estoy seguro de que ni la muerte ni la vida, ni ángeles, ni principados, ni lo presente, ni futuro, ni potencias, ni altura, ni profundidad, ni ninguna otra cosa creada nos podrá separar del amor de Dios, que es en Cristo Jesús Nuestro Señor.
Romanos 8:33 a 39
Usted es más que vencedores!
Eres más que ganar!
Recuerde que los Juegos Olímpicos?
¿Te acuerdas de los atletas que participaron y que fueron campeones?
Recuerde que el registro de 100 metros, el velocista Usain Bolt?
Recuerde que el ganador de la maratón, Samuel Wanjiru?
Recuerde que el ganador de las mujeres de salto de longitud Maurren Maggi?
Nosotros fuimos los mejores atletas del mundo en sus respectivos deportes, en que son los grandes campeones olímpicos!

Usted sabe que tiene la peremiação podio de tres lugares:
La central más alta, se destina a atleta campeón, la parte derecha, más bajo que el primero, por el segundo lugar y en la parte izquierda, inferior a los dos anteriores es que el atleta que leva en tercer lugar.
Cuando el campeón se levanta para recibir su premio que va al más alto nivel, recibe flores, a veces recibe una corona de laurel que simbolizan la victoria y toques finales a la ceremonia de premiación el himno nacional del país que es representación de allí.
Es fantástico!
Es la gloria!
Es un honor!
Eso significa que ¿Sabes qué?
¡Nada!
No amontonar tesoros en la tierra, la polilla y herrumbre que corroen DONDE DONDE y ladrones minan y hurtan; sino acumular tesoros en el cielo, ni la polilla ni el orín corrompen, DONDE y ladrones de WHERE no minan ni hurtan. Porque donde esté vuestro tesoro, allí estará vuestro corazón. Mateo 06:19 al 21
Para nosotros más que vencedores, que no significa absolutamente nada. Ninguna de estas de oro, ni honores, ni estatus, ni las grandes fortunas, ni doctores, ni maestros, ni títulos, ni los puestos grandes, o las mansiones, o las grandes empresas ... ¡Nada!

Ninguno es mejor que el lugar más alto y más alto que el Conjunto Señor Aparte de nosotros, un lugar muy por encima de los lugares altos del mundo. Un especial lugar que Él nos da en su lugar santo y en su gloria. Así que somos más que vencedores, por los triunfos y las glorias de este mundo son temporales y nuestra corona, a diferencia de ellos, es incorruptible, no se destruye, Will no siempre.
Bendito sea el Dios y Padre de Nuestro Señor Jesucristo, que según su grande misericordia nos ha engendrado más abundante para una esperanza viva, por la resurrección de Jesucristo de entre los muertos, hasta una herencia incorruptible, incontaminada e inmarcesible, reservada en los cielos para Usted Que el poder de Dios están protegidos por la fe para la salvación preparada para ser manifestada en el último tiempo, el cual os alegráis, aunque ahora por un poco de tiempo, si es necesario, le dolió en diversas pruebas, por lo que la prueba de su fe , más precioso que el oro que perece, aunque probado por el fuego, para alabanza y honor y gloria en la revelación de Jesucristo: ¿A quién no habiendo visto, le amáis, en quien, aunque ahora el verde, pero creyendo, os alegráis con gozo inefable y lleno de gloria, obteniendo así el fin de vuestra fe, la salvación de vuestras almas. 1 Pedro 1: 3-9

Así que somos más que vencedores en Cristo Jesús!
Gloria a Dios

You're more than Winner


You're more than Winner - Word of God
Who will bring any charge against God's elect? It is God who justifies, who is to condemn? Jesus Christ is who died, or rather Who was raised from the dead, which is on the right of God, and intercedes for us Who shall separate us from the love of Christ? Shall tribulation, or distress, or persecution, or famine, or nakedness, or peril, or sword?
As it is written: For thy sake we are killed all day, we are accounted as sheep for the slaughter. But in all these things we are more than conquerors through him that loved us. For I am persuaded that neither death nor life, nor angels, nor principalities, nor things present, nor future, nor powers, nor height, nor depth, nor any other creature shall separate us from the love of God, which is in Christ Jesus our Lord.
Romans 8:33 to 39
You are more than conquerors!
You're more than winning!
Remember the Olympics?
You remember the athletes who participated and who were champions?
Remember the record of 100 meters, the sprinter Usain Bolt?
Remember the winner of the marathon, Samuel Wanjiru?
Remember the winner of the women's long jump Maurren Maggi?
They were the world's best athletes in their respective sports, they are the great Olympic champions!

You know you have a podium peremiação of three places:
The central, highest, is intended to champion athlete, the right part, lower than the first, for the second place and left part, lower than the previous two is for the athlete who came in third.
When the champion rises to receive his prize he goes to the highest level, he receives flowers, sometimes receives a laurel wreath symbolizing victory and finishing touches to the award ceremony the national anthem of the country he is representing there.
It's fantastic!
It is a glory!
It's an Honour!
You know what that means?
Nothing!
Do not lay up for yourselves treasures on earth, where moth and rust consume and where thieves break through and steal: but lay up for yourselves treasures in heaven, where neither moth nor rust destroys and where thieves do not break through nor steal . For where your treasure is, there will your heart. Matthew 6:19 to 21
For us more than conquerors, that means absolutely nothing. Neither of these gold, nor honors, nor status, nor the great fortunes, nor doctorates, nor masters, nor titles, nor the great posts, or mansions, or the big companies ... Nothing!

None is superior to the highest place and higher than the Lord set apart for us, a place far above the high places of the world. A special place that He will give us in his holy place and in their glory. So we are more than conquerors, for the victories and glories of this world are temporary and our crown, unlike them, is imperishable, it is not destroyed, will not ever.
Blessed be the God and Father of our Lord Jesus Christ, who according to his abundant mercy has begotten us again unto a living hope through the resurrection of Jesus Christ from the dead, unto an inheritance incorruptible, undefiled, and unfading, reserved in heaven for you that the power of God are guarded through faith for salvation ready to be revealed in the last time, the which greatly rejoice, though now for a little while, if need be, you grieved by various trials, so that the testing of your faith, more precious than gold that perishes, though tested by fire, to praise and honor and glory at the revelation of Jesus Christ: whom having not seen, ye love, in whom, though now the green , yet believing, ye rejoice with joy unspeakable and full of glory: Receiving the end of your faith, the salvation of your souls. 1 Peter 1: 3-9

So we are more than conquerors in Christ Jesus!
Glory to God

Você é mais que Vencedor


Você é mais que Vencedor - Palavra de Deus
Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica; Quem os condenará? Cristo Jesus é quem morreu, ou antes quem ressurgiu dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós; quem nos separará do amor de Cristo? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.
Romanos 8:33 a 39
Você é mais que vencedor!
Você é mais que vencedora!
Você se lembra da olimpíada?
Você se lembra dos atletas que participaram e que foram campeões?
Lembra do recordista dos 100 metros rasos, o velocista Usain Bolt?
Lembra do campeão da maratona, o Samuel Wanjiru?
Lembra da campeã do salto em distância feminino a Maurren Maggi?
Eles foram os melhores atletas do mundo nas suas respectivas modalidades, eles são os grandes campeões olímpicos!

Você sabe que um podium de peremiação têm três lugares onde:
A parte central, mais alta, é destinada ao atleta campeão, a parte da direita, mais baixa do que a primeira, destinada ao segundo lugar e a parte da esquerda, mais baixa do as duas anteriores é destinada ao atleta que chegou em terceiro lugar.
Quando o campeão sobe para receber o seu prêmio ele vai para a parte mais alta, ele recebe flores, ás vezes recebe uma coroa de louro simbolizando a vitória e finalizando a premiação toca-se o hino nacional do país que ele está ali representando.
É fantástico!
É uma glória!
É uma Honra!
Sabe o que isso significa?
Nada!
Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração. Mateus 6:19 a 21
Para nós, os mais que vencedores, isso não significa absolutamente nada. Nem essas medalhas de ouro, nem as honras, nem o status, nem as grandes fortunas, nem os doutorados, , nem os mestrados, nem os títulos, nem os grandes cargos, nem as mansões, nem as grandes empresas... Nada!

Nada disso é superior ao lugar mais alto e mais elevado que o Senhor separou para nós, um lugar muito acima dos lugares altos deste mundo. Um lugar especial que Ele nos dará no seu lugar santo e na sua glória. Por isso somos mais que vencedores, pois as vitórias e glórias deste mundo são transitórias e a nossa coroa, ao contrário delas, será imarcescível, não será destruída, não passará jamais.
Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável e imarcescível, reservada nos céus para vós, que pelo poder de Deus sois guardados, mediante a fé, para a salvação que está preparada para se revelar no último tempo; Na qual exultais, ainda que agora por um pouco de tempo, sendo necessário, estejais contristados por várias provações, para que a prova da vossa fé, mais preciosa do que o ouro que perece, embora provado pelo fogo, redunde para louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, sem o terdes visto, amais; no qual, sem agora o verdes, mas crendo, exultais com gozo inefável e cheio de glória, alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas. 1 Pedro 1: 3 a 9

Por isso nós somos mais que vencedores em Cristo Jesus!
Glórias a Deus