quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Elton John declarou que Jesus era homossexual

MÚSICA

GAY INTELIGENTE

O cantor inglês Elton John declarou que Jesus era homossexual


O cantor britânico Elton John, 62, deu uma entrevista a revista norte-americana "Parade" na qual declarou que Jesus era gay. A entrevista ganhou destaque no tabloide inglês "The Sun".

"Acho que Jesus tinha muita compaixão, era um homem gay superinteligente, que entendeu os problemas da humanidade", disse.

"Jesus queria que nós amássemos e perdoássemos. Não sei o que faz as pessoas serem tão cruéis. Tente ser uma lésbica no Oriente Médio - é melhor estar morto."

Na mesma entrevista, ele comenta como conheceu o companheiro, David Furnish, 47. "Senti atração imediata por David. Ele estava muito bem vestido, era muito tímido. Na noite seguinte, nós jantamos. Depois disso, nos apaixonamos muito rápido."




TEOLOGIA

ANGLICANOS REBATEM ELTON JOHN

Cantor disse que Jesus era um homem gay superinteligente

O cantor e compositor britânico Elton John (foto) afirmou em uma entrevista publicada nesta sexta-feira que Jesus era um "homem gay superinteligente". Um porta-voz da Igreja Anglicana criticou a declaração do cantor, que é homossexual assumido.

Na entrevista, publicada na revista americana Parade, Elton John também afirmou que Jesus era "piedoso", magnânimo e "compreendia os problemas humanos".

"Na cruz, ele perdoou as pessoas que o crucificaram. Jesus queria que fôssemos amorosos e magnânimos", afirmou o cantor.

"Não sei o que faz com que as pessoas sejam tão cruéis. Tente ser uma mulher gay no Oriente Médio - é como se você morresse", acrescentou.

Críticas

Em resposta às afirmações publicadas na entrevista, um porta-voz da Igreja Anglicana afirmou que algumas declarações feitas pelo artista deveriam “ficar restritas aos acadêmicos”.

"As reflexões de Elton John, de que Jesus nos convoca a amar e perdoar, são compartilhadas por todos os cristãos", disse. “Mas as reflexões a respeito de aspectos de Jesus como personagem histórico talvez devam ficar restritas aos acadêmicos", finalizou.

Na entrevista, Elton John também falou que não gosta mais de ser uma celebridade, pois a "fama atrai loucos".

"Princesa Diana, Gianni Versace, John Lennon, Michael Jackson, todos mortos. Dois deles, mortos a tiros em frente de suas casas. Nada disso teria acontecido se eles não fossem famosos. Nunca tive um guarda-costas, nunca, até a morte de Gianni (Versace)", disse.

Data: 20/2/2010 22:39:39
Fonte: BBC Brasil