segunda-feira, 20 de junho de 2016

A vida de Sansão: # 9 - Qual é o custo?

A vida de Sansão: # 9 - Qual é o custo?Texto: Juízes 16:15-21 
Introdução: A maioria de nós está consciente do custo de itens. Nós comparamos os preços, quando compramos gasolina, mantimentos e outros itens. Assim, o conceito de consideração de custo não é algo estranho para nós, mas é algo que fazemos o tempo todo... talvez sem sequer pensar nisso. 
Normalmente, mesmo que nós não estamos pagando por um item, ainda consideramos o custo. 
Lucas 14:28 “Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se senta primeiro a calcular as despesas, para ver se tem com que a acabar?” 
É claro que, considerar o custo não se aplica apenas a projetos de construção ou itens de alimentação. Precisamos considerar o custo de nossas ações. Se eu for para uma direção particular... se eu fizer uma determinada decisão... qual será o custo? Como será esse impacto em minha vida? Qual será o impacto na vida dos outros ao meu redor? Qual será o custo? Será que vai custar o meu testemunho? Será que vai custar a minha influência e eficácia? Será que vai custar a minha vida? 

Em nosso estudo da vida de Sansão, descobrimos que ele estava mais interessado no cumprimento imediato e menos preocupado com o custo final de suas ações. Nosso objetivo neste estudo é aprender algumas lições importantes. Hoje à noite a lição a aprender é simplesmente considerar o custo de nossas ações! 

Leia: Juízes 16:15-21 

I. A Tragédia Real

A. Não no que Dalila fez... 
1. Embora isto fosse devastador. 
2. Dalila o pressionou até que ele finalmente disse a ela qual era o segredo de sua força. 
3. Nota: Não era o tamanho de seu cabelo... era o poder de Deus em sua vida. 
4. Seu comprimento do cabelo simplesmente era um sinal do chamado de Deus em sua vida. O voto de Nazireu 
5. A mulher que ele amava, vendeu-o para seus inimigos. 
6. Dalila o drogou de alguma forma e, em seguida, chamou um homem para raspar-lhe a cabeça. 
B. Não no que os filisteus fizeram... 
1. Embora isto tenha sido horrível. 
2. Os filisteus conquistaram o poderoso Sansão. 
3. Para todos os seus atos arrogantes, e por todo o seu comportamento antagônico em relação a eles... 
4. Eles agora tinham a vantagem. 
5. Levaram-no à força, literalmente furaram lhe os olhos! 
6. Eles o acorrentaram... 
7. Eles aproveitaram dele, como um animal selvagem, à roda de moagem. 
C. A tragédia real é o que Sansão fez com ele mesmo! 
1. Ele é o principal responsável por sua própria queda. 
2. Ele estava convencido de que os filisteus não podiam fazer nada com ele! 
3. Ele presumia que Deus estaria sempre com ele em força. 
4. Mas o versículo 20 diz tudo. 
5. "... Ele não sabia que já o Senhor se tinha retirado dele”. 
6. Mas, realmente, quem deixou? Sansão estava indo por este caminho há um longo tempo. 

II. O Alto Custo do Pecado: Cegueira, Correntes e Moer

A. O pecado cega 
1. Sansão estava alheio ao que estava acontecendo em sua vida. 
2. Nota: ignorância não é desculpa! 
3. Ele se permitiu ser cego para o tipo de pessoas com quem ele se cercou. 
4. Já tentou convencer alguém de que ele está andando com a turma errada? Eles olham para você como se você fosse louco! 
5. Os versículos anteriores estão clamando a Sansão para sair... Dalila não é a pessoa certa para você! 
6. Ela é manipuladora... ela não te ama de verdade ... ela está nesta relação somente pelo que ela pode tirar dela ... corra Sansão corra! 
7. Mas ele não podia vê-lo... porque seu comportamento pecaminoso anterior descontrolada e agora ele foi pego na teia de seu próprio pecado! 
8. Ele estava muito cego diante dos filisteus que lhe furaram os olhos! 
B. O pecado acorrenta 
1. Há sempre consequências para o nosso pecado. 
2. Nós falamos sobre isso antes, mas raramente encontramos uma imagem tão vívida quanto com a vida de Sansão. 
3. Aqui está ele, lamentável não é? 
4. Cego e amarrado... indefeso não porque Deus falhou com ele... mas porque ele falhou com Deus! 
5. A Palavra de Deus nos diz que há um ponto em que, se estamos tão determinados a seguir nosso próprio caminho... tão determinado a seguir após o pecado... Deus vai nos deixar ir! Romanos 6:16 “Não sabeis que daquele a quem vos apresentais como servos para lhe obedecer, sois servos desse mesmo a quem obedeceis, seja do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?” 
6. Tiago nos adverte sobre a progressão destrutiva do pecado na vida de um crente. Tiago 1:14-15 “Cada um, porém, é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência; então a concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte" 
C. O pecado mói, tritura. 
1. O caminho do pecado não é fácil! 
2. Ele pode parecer divertido e emocionante, mas não é nada fácil. 
3. Por uma questão de fato, a Bíblia declara que o caminho de um transgressor é duro! (Provérbios 13:15) 
4. Significa simplesmente que o pecado vai exigir um pedágio sobre a vida de uma pessoa! 
5. Não pense por um momento que podemos de alguma forma escapar das consequências do pecado em nossas vidas! 
6. O pecado cega... acorrenta... e mói, tritura! 

III. A Lição que aprendemos

A. Considerar o custo. 
1. A Palavra de Deus nos instrui a "andar prudentemente". 
2. Isso significa que devemos olhar ao nosso redor e prestar atenção enquanto nós caminhamos com Ele. 
3. O fracasso de muitos crentes é que nós simplesmente não prestamos atenção suficiente a forma como andamos neste mundo. 
4. Devemos considerar (literalmente ser perceptivo) prestar atenção e pensar sobre o que nossas ações vão custar 
B. Escolha andar com Deus 
1. A vida é cheia de escolhas. 
2. Sansão é um exemplo de alguém que fez as suas escolhas com base no que ele queria, sem considerar o que Deus quer. 
3. O Senhor não nos forçará a segui-Lo, nem Ele vai nos forçar a viver para Ele... 
4. A escolha é nossa! 
5. Escolha viver para Ele! 
C. Desfrute de Suas bênçãos, não de seu juízo. 
1. Apesar de ter nascido de novo, ainda temos a capacidade de pecar. 
2. Até chegarmos ao céu, e estar em nossos corpos transformados... temos de lidar com as tentações e provações desta vida. 
3. Mas a boa notícia é que temos o Espírito de Deus dentro de nós para nos conduzir e nos guiar em toda a verdade. 
4. No entanto, se optarmos por rejeitar a direção de Deus e seguir nosso próprio caminho... vamos sofrer as consequências dessa escolha. 
5. A lição que devemos aprender esta noite é que, é muito melhor para nós considerarmos o custo e fazer as escolhas certas, em vez de sofrer o juízo de Deus! 
Gálatas 6:7-8 "Não vos enganeis; Deus não se deixa escarnecer; pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque quem semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas quem semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna" 

Nenhum comentário: